16 de junho de 2021 Atualizado 14:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CORONAVÍRUS

Americana abre cadastro de ‘xepa’ da vacina para pessoas de 55 a 59 anos

Xepa era destinada desde o início da campanha a profissionais de saúde cadastrados, diz prefeitura

Por Pedro Heiderich

09 jun 2021 às 15:19

Anúncio foi feito nesta quarta, pelo Facebook – Foto: Prefeitura de Americana

A Prefeitura de Americana abriu nesta quarta-feira (9) o cadastro de interessados na “xepa” da vacina contra o coronavírus (Covid-19) para pessoas de 55 a 59 anos.

Os interessados devem deixar nome e telefone em qualquer unidade de saúde. Segundo o Executivo, desde o início da vacinação, a xepa era destinada a profissionais de saúde cadastrados.

No calendário de vacinação, adultos de 55 a 59 anos começam a ser imunizados na próxima quarta-feira (16), conforme antecipado pelo Estado nesta quarta (9). A data estipulada antes era 1º de julho.

A reportagem questionou a prefeitura de Americana se o cadastro da xepa será ampliado por conta da mudança, mas ainda não houve resposta.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Em 28 de maio, a prefeitura revelou ao LIBERAL que oferta as “sobras” da vacina desde o início da campanha, quando se trata de frascos multidoses, para profissionais de saúde cadastrados.

O remanejamento de frascos de uma unidade a outra é feito “assegurando a manutenção da temperatura em caixa térmica”.

Na ocasião, o Executivo disse que, com o sistema de agendamento e a racionalização do tempo para vacinação em cada indivíduo, “tem havido maior possibilidade de otimização dos frascos”.

A prefeitura relatou duas semanas atrás que também disponibiliza doses quando determinada faixa etária (ou grupo) já teve o percentual de cobertura alcançado e não há mais procura pela vacina.

“Foi assim com os portadores de comorbidade com pressão arterial de nível leve, por exemplo”.

Americana frisou ainda que nenhuma “sobra” de vacina é disponibilizada para moradores que não estejam contemplados dentro dos grupos definidos pelo Estado.

Santa Bárbara e Sumaré

Na RPT (Região do Polo Têxtil), além de Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré também ofertam a “xepa” da vacina.

Em Santa Bárbara, segundo a prefeitura, duas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), do Cidade Nova e Jardim Europa, funcionam até às 19h.

Após às 17 horas, quando os postos de vacinação encerram suas atividades, as doses remanescentes são direcionadas “para vacinação de pessoas do público-alvo nas duas UBSs, mediante contato realizado pelas equipes das unidades”.

Em Sumaré, são duas situações, explica a prefeitura.

Para frascos de vacina com 10 doses, o prazo para utilização após aberto é de até 8 horas. Nestes casos, ao final do expediente nos pontos de vacinação, quando houver sobra de vacina, ela precisa ser aplicada no mesmo dia. Para frascos com 5 doses, o prazo é de 48 horas.

“Por isso, desde quando a vacinação foi ampliada para idosos a partir de 60 anos, Sumaré aproveita as doses restantes nos frascos ao final de cada dia de imunização. Os candidatos a receber a xepa devem chegar ao posto de vacinação por volta das 15h30”, informa.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

As prefeituras de Hortolândia e de Nova Odessa são exceção. A Secretaria de Saúde de Hortolândia diz que o município tem gerenciado seus estoques de imunizantes “de maneira estratégica e com extremo critério, não sendo necessário utilizar o esquema”.

A Vigilância Epidemiológica de Nova Odessa diz não adotar o sistema “porque os frascos só são abertos quando um novo grupo de 10 pessoas a serem vacinadas é fechado”.

Publicidade