25 de julho de 2021 Atualizado 16:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Feminicídio

Comerciante que levou 14 facadas do ex-companheiro morre em Santa Bárbara

Giane Elizabete Dias da Silva, de 52 anos, foi vítima de feminicídio cometido pelo ex-companheiro, o comerciante José Ribamar de Moraes Rego, conhecido como Ribas

Por Marina Zanaki

15 abr 2021 às 16:36 • Última atualização 15 abr 2021 às 19:06

A comerciante Giane Elizabete Dias da Silva, de 52 anos, que foi esfaqueada pelo ex-companheiro no dia 3 de abril, em Santa Bárbara d’Oeste, faleceu na tarde desta quinta-feira (15). A informação foi confirmada pela irmã da vítima, a motorista Eliane Dias da Silva, de 50 anos.

Giane tinha 52 anos e deixa um filho – Foto: Reprodução / Facebook

Giane estava internada na Santa Casa de Santa Bárbara após ter levado 14 facadas do ex-companheiro, José Ribamar de Moraes Rego, de 59 anos. Ele era conhecido como Ribas, em função do nome da lanchonete da qual foi dono na cidade.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Por causa dos ferimentos, a vítima teve órgãos comprometidos e precisou passar por cirurgia para a retirada do baço. Ela foi internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) após o procedimento, mas apresentou melhoras e foi então transferida para a enfermaria.

Segundo informações da Santa Casa, no domingo (11) ela apresentou complicações respiratórias e voltou para a UTI. Na manhã desta quinta-feira, seu estado de saúde de agravou. Após várias tentativas e manobras de ressuscitação, sem sucesso, a vítima faleceu.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Ribas cometeu o crime dois meses após o término do relacionamento dentro da lanchonete, da qual foi dono junto com Giane. Após as agressões, ele chegou a fugir, mas se entregou à polícia e acabou preso. Ele afirmou que estava arrependido do crime e, horas depois, foi encontrado morto em sua cela. A informação é de que cometeu suicídio.

Giane deixa um filho, que tinha com o ex-companheiro. O corpo será sepultado nesta sexta-feira, às 15h30, no Cemitério da Paz.

Publicidade