03 de junho de 2020 Atualizado 19:49

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Igreja Católica

Dom José Roberto Fortes Palau é o novo bispo de Limeira

Religioso ocupava a função de bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo e substitui dom Vilson Dias de Oliveira, que renunciou ao cargo em maio

Por Talita Bristotti

20 nov 2019 às 08:12 • Última atualização 20 nov 2019 às 10:21

Dom José Roberto Fortes Palau foi nomeado nesta quarta-feira (20) pelo Papa Francisco como o novo bispo da diocese de Limeira. Ele substitui, em definitivo, dom Vilson Dias de Oliveira, que renunciou ao cargo em maio deste ano. Ele toma posse em 18 de janeiro.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

Palau atualmente era bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo. “A decisão do Papa Francisco foi comunicada pela Nunciatura Apostólica no Brasil”, trouxe nota da Diocese de Limeira.

Foto: Divulgação
Dom José Roberto Fortes Palau é o novo bispo de Limeira

Quando renunciou ao cargo, Dom Vilson publicou uma carta ressaltando que vem enfrentando “todo tipo de cruzes, por meio de ataques à nossa Igreja Particular de Limeira, a mim e a vários presbíteros” nos últimos meses.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

Na manifestação, ele não citou a investigação policial da qual é alvo. Dom Vilson é investigado pela Polícia Civil de Limeira por supostamente extorquir padres subordinados a ele. O religioso comanda a Igreja Católica em 16 cidades, inclusive Americana.

Em abril, o LIBERAL revelou que o então bispo de Limeira admitiu à polícia ter recebido R$ 4 mil de uma paróquia de Artur Nogueira para uso pessoal. O sacerdote assinou até um recibo. O valor, em cheque, foi repassado em outubro de 2015.

Além disso, a polícia também apura se Vilson acobertou supostos casos de abuso sexual que teriam sido praticados pelo padre Pedro Leandro Ricardo, que foi reitor da Basílica de Americana e está atualmente afastado do cargo.

A investigação policial foi aberta em janeiro pela Delegacia Seccional de Americana, por requisição do Ministério Público. O órgão recebeu uma denúncia anônima que relata episódios de desvio de dinheiro, extorsão e assédio sexual na igreja.

Quem é o novo bispo

Dom José Roberto Fortes Palau nasceu em Jacareí em 9 de abril de 1965. Foi ordenado sacerdote em 6 de fevereiro de 1993, sendo incardinado no clero da diocese de São José dos Campos. É mestre em Teologia da Espiritualidade pela Pontifícia Faculdade de Teologia Teresianum (Roma, 1994-1996) e doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2003-2007).

Ele foi nomeado bispo auxiliar para a arquidiocese de São Paulo pelo Papa Francisco, em 30 de abril de 2014, e ordenado no 21 de junho do mesmo ano, em São José dos Campos. Desde então, atuava como Vigário Episcopal da Região Ipiranga na capital Paulista.

Ao longo de sua atuação como padre, foi reitor do seminário de Teologia da diocese de São José dos Campos (2000 a 2009); lecionou Teologia da Espiritualidade no Instituto Sagrado Coração de Jesus, em Taubaté (2000 a 2003); fez parte do Conselho de Presbíteros da diocese de São José dos Campos (1997 a 2013); participou, como membro, do Colégio de Consultores (2001 a 2014); foi Pároco da Paróquia São José, em São José dos Campos (1997 a 2000); coordenou a Pastoral Presbiteral da Diocese de São José dos Campos (1998 a 2001); atuou como Vigário Geral da Diocese de São José dos Campos (2005 a 2013); foi diretor da Escola Diaconal (2005 a 2011) e diretor e professor na Faculdade Católica de São José dos Campos (2008 a 2014); e foi Pároco na Paróquia Santo Agostinho (2010 a 2014).

Leia a saudação da CNBB a Dom José Roberto Fortes Palau:

Brasília-DF, 20 de novembro de 2019

Prezado Irmão Dom José Roberto Fortes Palau,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta alegria por sua nomeação como bispo da diocese de Limeira, vacante desde maio de 2019, e renova também o agradecimento ao Papa Francisco pelo zelo pastoral e envio pastores à nossas comunidades.

Agradecemos o trabalho que o prezado irmão realizou desde a sua ordenação como bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo, nestes últimos cinco anos. Para celebrar sua nomeação, recorremos às palavras do Papa Francisco pronunciadas em sua homilia na Casa Santa Marta, em junho de 2019, na qual reflete parte da passagem do Evangelho de Matheus (Mt 10,7-13) sobre a missão dos apóstolos: “A vida cristã é para servir. É muito triste quando encontramos cristãos que, no início da sua conversão ou da sua consciência de serem cristãos, servem, estão abertos a servir, e depois acabam usando o povo de Deus. Isto faz tanto mal, tanto mal ao povo de Deus. A vocação é para servir, não para usar”.

Reiteramos as nossas orações, rogando a proteção da Mãe de Deus, N. S. das Dores, para que o seu pastoreio, em Limeira, seja pleno de bons frutos.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB