29 de novembro de 2021 Atualizado 20:22

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

BEZINHA

Quatro meses após deixar o Rio Branco, Campangnollo sobe com a Matonense

Técnico ajudou a equipe de Matão a carimbar passagem para a Série A3; União Suzano também garantiu o acesso

Por Rodrigo Alonso

25 out 2021 às 17:58 • Última atualização 25 out 2021 às 17:59

Quatro meses após ter pedido demissão do Rio Branco, o técnico Marcos Campangnollo conquistou o acesso para o Campeonato Paulista da Série A3 pela Matonense, neste domingo (24). A outra vaga na terceira divisão estadual ficou com o União Suzano.

Os dois times carimbaram passagem para a Série A3 ao se classificarem para a final do Paulista Sub-23 Segunda Divisão, a popular Bezinha.

Marcos Campangnollo comandou o Tigre nas duas últimas temporadas – Foto: Arquivo / O Liberal

Nas semifinais, a equipe de Matão passou pelo Vocem – clube que eliminou o Tigre nas quartas de final – com um empate sem gols em Assis e uma vitória por 1 a 0 dentro de casa.

O União Suzano, por sua vez, avançou de fase com dois triunfos sobre o Grêmio Prudente: 3 a 2 como visitante e 4 a 0 como mandante.

A decisão do título começa nesta quarta-feira, às 15 horas, com a partida de ida em Matão. Depois, as equipes voltam a se enfrentar no sábado, no mesmo horário, em Suzano.

Comandante da Matonense, Campangnollo esteve à frente do Rio Branco nas duas últimas temporadas e, em ambas, chegou até as quartas de final da Bezinha.

Neste ano, ele ajudou a montar o elenco riobranquense e treinou o time de março a junho, quando pediu dispensa. À época, publicamente, o treinador disse apenas que não estava feliz no clube.

Campangnollo voltou a falar sobre ao assunto neste mês, em entrevista à Rádio Vida Nova FM, e afirmou que houve divergências de pensamentos com relação a determinados atletas.

Publicidade