28 de novembro de 2021 Atualizado 08:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CATEGORIA SUB-11

Mesatenista americanense é vice-campeão individual no Pan-Americano

Frederico Martins conquistou o melhor resultado da Seleção Brasileira no evento realizado em Cuenca, no Equador

Por Rodrigo Alonso

25 out 2021 às 17:05 • Última atualização 25 out 2021 às 17:06

Após ter faturado o bronze por equipes na quarta-feira passada, o americanense Frederico Martins subiu mais uma vez ao pódio no Pan-Americano Sub-11 e Sub-13 de Tênis de Mesa neste domingo (24), em Cuenca, no Equador. Desta vez, ele conquistou a prata na disputa individual da categoria Sub-11.

Atleta havia perdido apenas um set em seis jogos antes da decisão do título – Foto: Divulgação

Esse foi o melhor resultado do Brasil em todo o evento. Até a decisão do título, Frederico havia perdido apenas um set em seis jogos. O mesatenista de 11 anos acabou derrotado apenas na final, pelo colombiano Emanuel Otalvaro, por 3 sets a 0.

“Vou me dedicar um pouco mais para chegar preparado para jogar com ele novamente”, disse o americanense, que somou duas medalhas logo em sua primeira participação num torneio internacional.

“Treinei muito para que isso acontecesse. Foi importante, porque deu início à minha carreira de atleta mundial. Vai ficar gravado”, afirmou.

Na caminhada rumo ao vice-campeonato, Frederico conseguiu três vitórias por 3 sets a 0 na fase de grupos, contra o argentino Mateo Carranza, o equatoriano Matthias Castro e o porto-riquenho Yamil Velez.

Depois, venceu o argentino Matias Zeniquel nas oitavas de final e o estadunidense Kef Noorani nas quartas, ambos por 3 sets a 0. Nas semifinais, o americanense bateu outro atleta dos Estados Unidos, Maxim Mouchinski, por 3 a 1.

Além das disputas individual e por equipes, Frederico também participou da competição por duplas, em parceria com Theo Tadima. Eles foram eliminados pelos estadunidenses Kyler Chen e Kef Noorani logo na estreia, nas oitavas de final, por 3 sets a 1. A partida aconteceu na sexta.

“Avalio que foi muito boa minha participação, mesmo que em duplas não tenha tido resultado positivo, mas em todos me esforcei muito. Conquistei um vice-campeonato de um Pan-Americano individual, em que está os melhores de seus países”, declarou o atleta, que estava acompanhado de seu pai e treinador, Frede Martins.

Publicidade