23 de janeiro de 2022 Atualizado 10:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SUB-11

Mesatenista americanense fatura o bronze por equipes no Pan-Americano

Frederico Martins venceu 9 das 12 partidas que jogou e ainda tem pela frente as disputas individual e em duplas

Por Rodrigo Alonso

20 out 2021 às 18:00 • Última atualização 20 out 2021 às 18:41

O americanense Frederico Martins, de 11 anos, faturou medalha de bronze no torneio por equipes do Pan-Americano Sub-11 nesta quarta-feira (20), no Equador. O atleta saiu vencedor em nove das 12 partidas que jogou.

Ele ainda tem pela frente a competição individual, que começa nesta quinta, e a disputa em duplas, com início marcado para esta sexta. O evento segue até domingo, em Cuenca.

No campeonato por equipes, o Brasil também contou com mesatenistas Theo Tadima e Murilo Tassi, além do americanense. O time masculino Sub-11 tem como técnico Frede Martins, pai de Frederico.

Theo Tadima, Frederico Martins, Murilo Tassi, ao lado do técnico Frede Martins – Foto: Jorge Fanck

Na disputa por equipes, as seleções se enfrentam em séries de até cinco jogos, com quatro partidas individuais e uma em dupla. O duelo acaba quando um dos times vence três jogos.

Na estreia, a seleção brasileira bateu Porto Rico por 3 a 1. Individualmente, Frederico acumulou duas vitórias: contra Leonel Rivera, por 3 sets a 0, e Sergio Bohorquez, por 3 a 1. Nas duplas, perdeu por 3 a 0 com Murilo.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Na sequência, o Brasil fez 3 a 0 diante do Peru. O americanense derrotou Oscar Huancaruna por 3 sets a 0 e, junto de Theo, venceu os peruanos pelo mesmo placar nas duplas.

A equipe fechou a fase de grupos com um 3 a 0 para cima da República Dominicana, novamente com dois triunfos de Frederico, tanto no individual – 3 sets a 0 contra Geovanny Rodriguez – e nas duplas – 3 a 1 em parceria com Theo.

A seleção garantiu o bronze com mais um 3 a 0 nas quartas de final. O adversário foi uma outra equipe de Porto Rico, diferente daquela da estreia. Em suas partidas, o americanense passou por Yamil Velez, com 3 sets a 0, e aplicou outro 3 a 0 nas duplas, na companhia de Theo.

Nas semifinais, o Brasil acabou derrotado pela Colômbia, por 3 a 1. Frederico conquistou a única vitória da seleção no confronto: 3 sets a 1 diante de Juan Pineros. Depois, sofreu duas derrotas: 3 a 1 nas duplas e 3 a 0 no individual, para Emanuel Otalvaro.

Publicidade