22 de maio de 2024 Atualizado 10:13

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

saúde

Sumaré inicia vacinação contra a dengue nesta segunda

Imunização já começou em Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara; Hortolândia diz que está treinando a equipe para aplicação das doses

Por Ana Carolina Leal

13 de abril de 2024, às 08h25

Sumaré começa na próxima segunda-feira (15) a vacinação contra dengue no município. Na RPT (Região do Polo Têxtil), Americana e Santa Bárbara d’Oeste iniciaram a imunização na última quinta (11) e Nova Odessa, que decretou estado de emergência por conta do alto número de casos da doença, começou na quarta (10).

Inicialmente, doses estão sendo aplicadas em crianças de 10 e 11 anos – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

Hortolândia confirmou o recebimento das doses e disse que a equipe está sendo treinada para aplicar a vacina. Inicialmente, as doses estão sendo aplicadas em crianças de 10 e 11 anos.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Em Sumaré, a vacinação ocorrerá de segunda à sexta, das 8h às 15h30, em todas as unidades de saúde, exceto a USF (Unidade de Saúde da Família) Viel. Para receber a dose, basta apresentar a carteira de vacinação ou documento de identificação.

Em Nova Odessa, entre quarta-feira e às 14 horas desta sexta, foram aplicadas 95 doses. Neste sábado, haverá plantão de vacinação contra gripe, Covid e dengue na UBS (Unidade Básica de Saúde) 7, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, das 7h às 17h.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

No município de Santa Bárbara, 83 crianças tomaram a vacina na quinta e sexta. A procura é considerada baixa, segundo a administração.

Americana, que diz ter aplicado 95 doses na última quinta, informou nesta sexta que um novo balanço só será divulgado na próxima segunda.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

A doença

A dengue é uma doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. É caracterizada por febre alta, que se inicia de maneira abrupta, dores no corpo, dor de cabeça e surgimento de manchas vermelhas. A maioria dos doentes se recupera, porém, parte deles podem progredir para formas graves, chegando até ao óbito.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade