19 de abril de 2021 Atualizado 18:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Prisão

Detido com simulacro, homem é preso após tentar subornar policiais em Sumaré

Policias foram chamados após vítimas serem ameaçadas pelo homem por conta de dívidas

Por Heitor Carvalho

22 fev 2021 às 13:04 • Última atualização 22 fev 2021 às 13:12

Um homem foi preso durante o final da noite deste domingo (21) por porte ilegal de arma de fogo, ameaça e corrupção ativa por tentar subornar policiais militares. O caso aconteceu no no Residencial Bordon, em Sumaré.

De acordo com informações do 48.º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), por volta de 23h50 um homem acionou a polícia. Ele disse que ele e sua família estavam sendo ameaçados em sua casa por outros dois indivíduos, que portavam armas de fogo, por conta da dívida de um veículo.

Munições e simulacro de arma de fogo apreendidos – Foto: Polícia Militar/Divulgação

Uma equipe policial foi até a residência de um dos suspeitos, que admitiu ter ido cobrar a dívida oriunda e permitiu a entrada dos policiais em sua residência.

No imóvel foram encontradas 48 munições (36 calibre 40, 10 calibre 762 e duas calibre 12), além de um simulacro de arma de fogo.

O homem assumiu a propriedade da arma falsa e das munições. No entanto, na tentativa de não ser preso, ofereceu mil reais em dinheiro aos policiais.

Após a negativa da equipe em aceitar o suborno, o homem disse que eles poderiam falar outro valor, quando então foi informado que também seria preso pelo crime de corrupção ativa, além de ameaça com emprego de arma de fogo e posse ilegal de munições de arma de fogo.

A tentativa de suborno foi filmada pelos policiais como prova. O homem foi encaminhado ao plantão policial, onde recebeu voz de prisão. Ele não ofereceu resistência e não foi necessário o uso de algemas.

Publicidade