15 de maio de 2021 Atualizado 19:59

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Vítima de acidente na Ernesto de Cillo disse para irmão ter cuidado na estrada

Alef Adriano Dune, de 27 anos, morreu na noite de sábado após batida com um carro

Por Pedro Heiderich

26 abr 2021 às 20:49 • Última atualização 26 abr 2021 às 21:51

Vítima de acidente fatal na noite de sábado (24), na Rodovia Ernesto de Cillo, zona rural de Santa Bárbara d’Oeste, o motociclista Alef Adriano Dune, de 27 anos, disse para seu irmão ter cuidado ao dirigir na estrada no dia em que morreu. O relato é de Rafael Dune, comerciante, de 35 anos, primo de Alef.

Rafael ainda cobra punição ao motorista do carro que atingiu Alef, dizendo que não foi acidente. O LIBERAL falou com o comerciante. “O Alef era um rapaz tranquilo, não bebia, era trabalhador, vinha sempre buscar motos para arrumar, pois tinha uma oficina na casa dele, no Sítio Ipeuna”.

alef – Foto: Reprodução – Facebook

O familiar conta que o motociclista passou na casa de outro primo antes de ir embora da cidade no dia do acidente. Antes de voltar para o sítio, Alef fez um alerta ao irmão sobre as condições da estrada e pediu atenção.

“Ele falou pro irmão dele tomar cuidado, para ir devagar, e no fim acabou acontecendo com Alef. O irmão dele chegou no sítio e ficou sabendo depois do acidente. E no fim acabou acontecendo o acidente com o Alef”, lamenta.

Rafael reforça que mais de uma pessoa testemunhou o acidente, relatando o que aconteceu nas redes sociais. “Falaram que o Monza fez ultrapassagem irregular em alta velocidade. Não foi acidente, Alef foi assassinado”.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

RELEMBRE O CASO
O motociclista, Alef Adriano Dune, de 27 anos, morreu na noite deste sábado (24), em Santa Bárbara, após colidir com um carro na Rodovia Ernesto de Cillo, no Santa Rita.

Segundo testemunha, o motorista do carro, um homem de 45 anos, que dirigia um Monza, fazia uma ultrapassagem no momento em que bateu contra a vítima, que vinha no outro sentido. Alef foi socorrido até hospital, mas não resistiu.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

O caso aconteceu por volta das 19h45 e foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor.

O condutor do carro disse em depoimento que, ao fazer a curva, teve sua frente interceptada pela moto e não teve tempo hábil para desviar. O homem disse à polícia que o trecho da estrada é “ermo, mal sinalizado e com pista estreita”.

O motorista do carro disse que não havia ingerido bebida alcoólica e aceitou ir até o hospital onde foi retirada amostra de sangue do mesmo. Os veículos foram guinchados e o condutor do Monza liberado. O caso será investigado pelo 3° DP (Distrito Policial), responsável pela área.

Alef morava na zona rural de Santa Bárbara, no Sítio Ipeúna, e era filho de José Alécio Dune e Maria Juvelina Pinto de Oliveira Dune. O corpo do jovem foi velado no Velório Municipal Berto Lira, na tarde deste domingo (25). De lá, foi levado para o Cemitério da Paz, onde foi enterrado.

Publicidade