12 de junho de 2021 Atualizado 21:25

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Projeção

Nova represa de Santa Bárbara só deve ficar pronta em 2023

Prefeitura está desapropriando área para executar obras de alteamento e barramento para aumentar represa

Por Pedro Heiderich

15 Maio 2021 às 08:08

A nova represa de Santa Bárbara d’Oeste só deve fica pronta em 2023, estima a prefeitura.

Anunciada em julho de 2020, pelo então prefeito Denis Andia, com investimento de R$ 12 milhões em recursos próprios, a obra vai ampliar em 100% o volume de água disponível na represa Cillo e terá capacidade para armazenar mais de 3 bilhões de litros d’água.

Represa atual terá sua capacidade ampliada para garantir abastecimento – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Quase um ano depois, já com o antigo vice-prefeito e presidente do DAE (Departamento de Água e Esgoto), Rafael Piovezan (PV), como atual chefe do Executivo, Santa Bárbara ainda não iniciou as obras.

Na semana passada, o prefeito Rafael Piovezan (PV) decretou de utilidade pública para fins de desapropriação de parte da área de terras da Fazenda Galvão, de pouco mais de sete mil metros quadrados, para execução de obras de parte do alteamento da barragem da represa.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O decreto foi publicado no Diário Oficial da Prefeitura de Santa Bárbara.

Questionada, a prefeitura disse que o processo de desapropriação está em trâmite e não deu prazo para início das obras. “O prazo de execução da obra, de grande porte é de 12 meses, a contar da ordem de serviço emitida pelo DAE”.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Quando anunciado, o projeto foi divido em duas etapas, cada uma com prazo para conclusão de 12 meses.

Na primeira, implantação do novo barramento com toda a estrutura hidráulica. Na fase complementar, após cumprido todos os testes da estrutura, haverá a elevação do nível d’água da nova represa, o que deve levar mais 12 meses.

A área que será alagada é de 750 mil metros quadrados, e, conforme anunciado no ano passado, parte dela teria de ser desapropriada, já que pertence a terceiros.

O volume útil de trabalho da represa será de 2,3 bilhões de litros d’água. Entretanto, em eventos extremos, a estrutura terá capacidade para armazenar até 3,8 bilhões, o que também vai auxiliar na contenção de enchentes na área urbana.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

Segundo a prefeitura, a nova estrutura vai garantir o abastecimento necessário para o desenvolvimento da cidade pelos próximos 50 anos. As projeções serão reavaliadas ao longo dos anos.

Atualmente, Santa Bárbara conta com o abastecimento de água por meio das represas Areia Branca e São Luiz, além da captação e reservação no manancial do Córrego Araçariguama.

O Ivan Maia está sempre Virando a Chave e quer te ajudar a fazer o mesmo em seu blog no LIBERAL.

Com a nova represa, a antiga de Cillo, a cidade terá uma reserva total de 12 bilhões de litros de água.

Publicidade