22 de maio de 2024 Atualizado 21:48

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Comércio

Vendas do Dia dos Pais atendem à expectativa e aquecem retomada na região

Houve expressiva recuperação em relação a 2020, quando a data convivia com restrições impostas pela pandemia

Por Marina Zanaki

09 de agosto de 2021, às 18h36 • Última atualização em 09 de agosto de 2021, às 18h37

A alta expectativa para o faturamento no Dia dos Pais atendeu às expectativas do comércio na região. Houve expressiva recuperação em relação a 2020, quando a data comemorativa convivia com diversas restrições impostas para controlar a pandemia. Além disso, foram registrados inclusive aumentos com relação a 2019. O desempenho aquece a retomada econômica do comércio para o segundo semestre.

O Tivoli Shopping, em Santa Bárbara d’Oeste, observou movimento de veículos de clientes superior ao Dia dos Pais de 2020 e próximo do volume observado em 2019. Algumas lojas registraram filas em momentos pontuais e alguns setores se destacaram no sábado, como moda masculina, calçados e telefonia. O resultado positivo alavanca a expectativa de um segundo semestre de recuperação, segundo gerente geral do empreendimento, Gustavo Salvagnini.

Movimento no dia dos pais foi satisfatório em Americana e Santa Bárbara – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

“Tem uma expectativa de um segundo semestre retomando os números de 2019, começando pelo Dia dos Pais, logo depois em setembro a semana do Brasil. O último trimestre é o melhor período do ano, com Dia das Crianças em outubro, Black Friday em novembro e o Natal. Há uma expectativa muito positiva do varejo de shopping center. Que não tenha mais lockdown, as pessoas tomem a segunda dose. Isso é fundamental para a gente”, declarou Gustavo.

Em Americana, a Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana) apurou recuperação das vendas em relação a 2020, com resultados que chegaram a até 50% em alguns casos. Houve também relatos de comerciantes que viram o faturamento superar o Dia dos Pais de 2019, antes da pandemia.

Esse foi o caso de uma loja de moda masculina, que viu as vendas crescerem 4% em relação a 2019. “O movimento foi muito bom e correspondeu às expectativas, deixando o setor otimista para este segundo semestre”, disse José Camacho, proprietário da loja.

Presidente da Acia, Wagner Armbruster destacou que a expectativa de crescimento foi atingida. “Os setores de presentes, vestuário e calçados foram o que obtiveram melhor resultado. Porém, com a presença de pessoas nos corredores de compras, principalmente por se tratar do primeiro sábado ‘pós-pagamento’, outros segmentos também foram beneficiados e obtiveram resultado positivo nas vendas”, explicou.

O comerciante Germano Pavan Neto, proprietário de uma joalheria, disse que suas vendas aumentaram cerca de 5% e destacou a variedade de público. “O mais positivo de tudo isso é que as vendas não estiveram restritas aos presentes para o Dia dos Pais, vendemos para pais e para ‘não pais’ também”, comemorou.

Presidente da Acisb (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d’Oeste), João Batista de Paula Rodrigues disse que o levantamento da entidade apontou crescimento médio de 14% em relação ao ano passado, um pouco abaixo do que havia sido projetado, mas que na comparação com a data em 2019 houve incremento de até 5%.

“Estamos retomando aos poucos, os comerciantes têm consciência que não é de uma hora para a outra que vai estourar, mas está evoluindo. Santa Bárbara d’Oeste está bem, a indústria a todo vapor. Há empresas vindo para cá, fazem um levantamento e veem que o comércio está firme”, declarou o comerciante, em referência à vinda da empresa Greiner Bio-One para a cidade, anunciada na semana passada.

Publicidade