24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ECONOMIA

Greiner Bio-One vai investir R$ 75 milhões em Santa Bárbara d’Oeste

Anúncio ocorre após a multinacional austríaca adquirir uma área de 106 mil metros quadrados na cidade; expectativa é gerar 75 empregos

Por Pedro Heiderich

06 de agosto de 2021, às 16h38 • Última atualização em 07 de agosto de 2021, às 08h12

Anúncio foi feito em evento com participação do prefeito Rafael Piovezan e de executivos da empresa - Foto: Ernesto Rodrigues - O Liberal

A multinacional austríaca Greiner Bio-One, que atua no segmento de biociência e diagnósticos, vai investir R$ 75 milhões na construção de um centro administrativo e um centro de distribuição em Santa Bárbara d’Oeste.

O anúncio foi feito na tarde desta sexta-feira (6) em evento com participação do prefeito Rafael Piovezan (PV) e de executivos da empresa. Conforme informado pela Prefeitura de Santa Bárbara, a empresa se instalará na cidade a partir de 2022.

A expectativa é de que 75 empregos sejam gerados. O investimento de R$ 75 milhões inclui apenas a primeira fase do projeto e pode ser ainda maior nos próximos anos.

A intenção da multinacional austríaca é transformar o Brasil em uma plataforma de distribuição para países latino-americanos, de olho em futuros investimentos.

A vinda da empresa para Santa Bárbara teve ainda o auxílio do Governo do Estado de São Paulo, através do programa Investe SP.

Greiner Bio-One tem unidade de produção em Americana desde 2004 – Foto: Reprodução

O investimento ocorre após a multinacional adquirir uma área de 106 mil metros quadrados remanescente da Fazenda Galvão, na cidade, por R$ 10 milhões, em um leilão promovido pela prefeitura. O valor, que já foi depositado nos cofres públicos, será utilizado na Saúde em combate ao coronavírus (Covid-19).

Finalizada nesta semana, a aquisição foi revelada pelo LIBERAL em junho. O Clube Barbarense de Modelismo ocupava parte da área e tentou derrubar a licitação. O proprietário alegou no pedido que a área foi doada à entidade. O pedido foi negado pela Comissão de Licitações da Prefeitura.

Segundo a decisão, o clube nunca teve autorização para usar o local. A área foi incorporada ao município em 2014, em desapropriação.


Rafael revelou durante o anúncio que o poder público já tinha planos para a área onde a Greiner Bio construirá os centros.

“É uma área muito cobiçada. Tem a SP-304 (Rodovia Luiz de Queiroz) e a Rodovia Bandeirantes próximo. É perto da rodovia Comendador Américo Emílio Romi (que liga Santa Bárbara a Capivari), se andar um pouquinho chega na Anhanguera, é uma área extremamente valorizada”, disse.

A vinda da Greiner Bio para Santa Bárbara foi costurada desde o início do ano, de acordo com o prefeito.

“Recebemos uma das empresas mais importantes do seu segmento no mercado mundial, que será responsável por um dos maiores faturamentos do município”, finalizou Piovezan.

A Greiner tem unidade em Americana desde 2004. O anúncio em Santa Bárbara não alterará as atividades na planta americanense. Em 2016, a empresa havia anunciado R$ 42 milhões em investimentos na operação no município.

A empresa procurava por uma área na região para expandir suas atividades no Brasil. “Os requisitos são relacionados à infraestrutura. Santa Bárbara tem rede de coleta de esgoto, água, transporte, educação”, explicou o gerente da Greiner Bio-One, Haroldo Fontes.

O anúncio dos centros da empresa em Santa Bárbara não alterará as atividades na planta americanense, que tem cerca de 250 funcionários.

Publicidade