26 de maio de 2024 Atualizado 20:10

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Na véspera do Dia dos Pais, movimento no Centro atende expectativas

Além de horário especial, lojistas contaram com shows de rock e da Orquestra de Violeiros de Americana

Por Isabella Holouka

13 de agosto de 2022, às 16h28

Presidente da Acia, Marcelo Antonio Fernandes, enalteceu a movimentação na véspera de Dia dos Pais - Foto: Marcelo Rocha - Liberal.JPG

 Meio dia e trinta na Rua Vieira Bueno. Com o sol a pino, dezenas de pessoas acompanham o show da banda Artéria Rock, de Americana, usando as fachadas das lojas como proteção contra o sol. Mais cedo, às 10h, a Orquestra de Violeiros de Americana havia se apresentado na Praça Basilio Rangel, onde o fluxo de pessoas se intensifica no calçadão, neste sábado (13), que antecede do Dia dos Pais. 

O empresário Marcelo Antonio Fernandes, presidente da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana), assiste ao show. “Os lojistas aprovaram e percebemos como as atrações trazem o público. É um primeiro evento na Rua Vieira Bueno e vemos que, ao meio dia, precisamos de mais estrutura, cobertura, o pessoal sugeriu mesas para sentar. Para um primeiro evento, está todo mundo contente”, comenta à reportagem.

Segundo ele, a promoção de atrações nas ruas do centro da cidade é um pedido dos comerciantes. “O que eles pedem é que isso seja algo constante. Que a pessoa, quando viesse ao centro, pudesse ter atrações. Conseguimos movimentar o público. É uma data importante, e é importante vir comprar o presente, valorizar o centro e todo o comércio da cidade”, completa.

Comprador de e-commerces, o assessor administrativo Rogério Fernando de Azevedo se surpreendeu com o movimento de pessoas no centro da cidade neste sábado. Por conta da rotina corrida, o morador da Praia Azul costuma dar preferência às compras online, mas aceitou o convite das filhas de escolher pessoalmente um calçado. “Elas me trouxeram, e eu agradeço o presente”, diz.

Segundo Jean Milani, gerente da Calçadista, o fluxo de pessoas durante a manhã foi satisfatório, considerando a tendência de diluição até 18 horas, seguindo o horário especial. “Esperamos que as vendas aumentem 15% e o ticket médio também, de 15 a 20% [em relação ao ano passado]. Os produtos tiveram um certo reajuste, dos fabricantes, como tudo hoje, mas as pessoas também querem investir um pouco mais”, projeta.

Publicidade