29 de maio de 2024 Atualizado 19:38

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Copa inspira projeto interdisciplinar em escola estadual no bairro São Benedito

Projeto “World Cup” incluiu análise e produção de textos e álbum craques da classe com alunos do 4º ano

Por Isabella Holouka

26 de novembro de 2022, às 18h26

Um projeto educacional desenvolvido na Escola Estadual Professora Sinésia Martini, no bairro São Benedito, em Americana, tem a Copa do Mundo da Fifa como inspiração. O objetivo é proporcionar atividades e aprendizados aos alunos do 4º ano de maneira interdisciplinar.

A iniciativa é dos professores Matheus Isidoro, Rosangela Panaro, Leila Caracanho e Simone Pontello. Dentre as ações, os alunos, que têm em média 9 anos, analisaram e produziram textos, além de atividades relacionadas ao futebol e países que estão disputando o campeonato. 

Da esquerda para a direita, os professores Rosangela Panaro, Simone Pontello, Matheus Isidoro e Leila Caracanho, realizadores do projeto – Foto: Divulgação

Também foi produzido um álbum de craques da classe, com figurinhas colecionáveis dos estudantes. Na última fase do projeto, os alunos preenchem tabelas com os placares dos jogos, explicou Matheus, professor de português.

“Foi muito proveitoso, eles se dedicaram, se comprometeram. É algo do cotidiano deles, que está sendo comentado por todo mundo. Eles estão assistindo aos jogos, até mesmo quem não ligava para futebol está curtindo”, comentou o professor.

De acordo com ele, durante este quarto bimestre de estudos, os estudantes aprenderam sobre gêneros textuais e puderam compreender os principais conceitos relacionados ao jornalismo através de um telejornal simulado na escola. 

“Foi um projeto interdisciplinar, mas baseado em uma sequência do material ‘Ler e escrever’, que fala sobre o jornal físico e os telejornais. Na educação física, falamos sobre o futebol e a Copa. Em inglês, a música da copa, trabalhando a tradução. Em artes, sobre os países da copa. Também trabalhamos a tecnologia, fazendo pesquisa na internet, que levou as crianças a produzirem um seminário, e elaboramos um texto informativo baseado em notícias sobre o Catar”, detalhou o docente.

Publicidade