11 de abril de 2021 Atualizado 20:31

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Adolescente de 13 anos morre vítima do coronavírus em Hortolândia

No total, prefeituras da região informaram 36 mortes pela pandemia nos boletins desta quarta-feira

Por Marina Zanaki

07 abr 2021 às 20:19 • Última atualização 07 abr 2021 às 21:43

Uma adolescente de 13 anos morreu vítima do novo coronavírus (Covid-19) em Hortolândia. No total, as prefeituras da RPT (Região do Polo Têxtil) informaram 36 mortes pela pandemia nos boletins desta quarta-feira, e a adolescente é a vítima mais jovem entre elas.

A paciente tinha comorbidades, que não foram detalhadas pela prefeitura. A adolescente foi internada na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia no dia 9 de março e transferida para o HES (Hospital Estadual Sumaré) no dia seguinte.

Ela ficou internada por 20 dias, mas não resistiu e morreu no dia 31 de março. A menina foi contabilizada como a 388° morte por coronavírus na cidade.

Hortolândia informou 19 mortes nesta quarta-feira, a maior mortalidade do dia. O município ultrapassou a marca das 400 mortes e registra 405 vítimas desde o início da pandemia. Veja detalhes dos pacientes:

  • homem, 63 anos, com comorbidades, morreu dia 4 de abril na Unidade Respiratória Nova Hortolândia;
  • mulher, 13 anos, com comorbidades, morreu dia 31 de março no HES;
  • mulher, 58 anos, com comorbidades, morreu dia 5 de abril no Hospital Beneficência Portuguesa;
  • mulher, 30 anos, com comorbidades, morreu dia 5 de abril no Hospital Santa Ignes;
  • mulher, 28 anos, com comorbidades, morreu dia 5 de abril no Hospital Municipal Mario Covas;
  • homem, 60 anos, com comorbidades, morreu dia 6 de abril na Unidade Respiratória Nova Hortolândia;
  • homem, 61 anos, com comorbidades, morreu em 6 de abril na UPA Jardim Amanda;
  • homem, 71 anos, sem comorbidades, morreu dia 3 de abril no Hospital Municipal Mario Covas;
  • homem, 49 anos, sem comorbidades, morreu dia 2 de abril no Hospital Municipal Mario Covas;
  • homem, 71 anos, sem comorbidades, morreu dia 4 de abril na UPA Rosolém;
  • homem, 74 anos, com comorbidades, morreu dia 3 de abril no Hospital Municipal Mario Covas;
  • homem, 68 anos, com comorbidades, morreu dia 31 de março na UPA Jardim Amanda;
  • mulher, 65 anos, com comorbidades, morreu dia 5 de abril na Unidade Respiratória do Nova Hortolândia;
  • mulher, 58 anos, sem comorbidades, morreu dia 2 de abril no Hospital Municipal Mario Covas;
  • mulher, 71 anos, com comorbidades, morreu dia 30 de março na Unidade Respiratória;
  • homem, 43 anos, com comorbidades, morreu dia 4 de abril na Unidade Respiratória;
  • homem, 73 anos, com comorbidades, morreu em 2 de abril na Unidade Respiratória;
  • homem, 52 anos, com comorbidades, morreu dia 5 de abril na Unidade Respiratória;
  • homem, 68 anos, sem comorbidades, morreu em 6 de abril na Unidade Respiratória.

Na sequência aparece Sumaré, com oito novas mortes, totalizando 585 vítimas. Veja detalhes dos pacientes:

  • mulher de 76 anos, com comorbidades. Estava internada no Hospital Unimed Campinas e faleceu em 5 de abril;
  • homem de 46 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Santa Tereza Campinas e faleceu em 3 de abril;
  • mulher de 77 anos, com comorbidades. Estava internada na Santa Casa da Misericórdia de Valinhos e faleceu em 19 de março;
  • homem de 72 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital das Clínicas da Unicamp e faleceu em 3 de abril;
  • homem de 67 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko e faleceu em 6 de abril;
  • homem de 59 anos, com comorbidades. Estava internado na UPA Macarenko e faleceu em 6 de abril;
  • homem de 35 anos, com comorbidades. Estava internado na Casa de Saúde Campinas e faleceu em 5 de abril;
  • homem de 78 anos, com comorbidades. Estava internado no Hospital Estadual de Sumaré e faleceu em 6 de abril.

Santa Bárbara d’Oeste, que segue com 100% dos leitos públicos com respiradores ocupados, registrou 5 mortes. No total, a cidade contabiliza 399 mortes. Veja detalhes dos pacientes:

  • mulher, 62 anos, faleceu em 02 de abril;
  • mulher, 91 anos, faleceu em 03 de abril;
  • mulher, 68 anos, faleceu em 06 de abril;
  • mulher, 72 anos, faleceu em 07 de abril;
  • homem, 45 anos, faleceu em 07 de abril.

Americana informou mais três mortes pelo coronavírus, chegando a 397 vítimas. A taxa de ocupação do Hospital Municipal voltou a aumentar e no momento há apenas um leito vago com respirador.

Nova Odessa registrou o 112° óbito, um idoso de 75 anos, morador do Jardim Santa Rita. Ele morreu no dia 6 de abril na Unidade Respiratória do Jardim Alvorada.

Publicidade