25 de junho de 2024 Atualizado 09:21

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Polícia

10° Baep completa um ano de atividade com 341 prisões realizadas

Batalhão de Ações Especiais de Polícia foi inaugurado em agosto de 2019 e atende a 52 cidades da região

Por

26 de agosto de 2020, às 10h50 • Última atualização em 26 de agosto de 2020, às 16h43

O 10° Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), com sede em Piracicaba, completa um ano de atividade nesta quarta-feira (26). Neste período, foram 341 prisões realizadas e 481 quilos de drogas localizadas pela corporação nas 52 cidades que fazem parte do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior).

Das prisões realizadas, 41 foram de presos ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital). Foram 186 prisões em flagrante e 128 capturas de procurado. A maconha representou 82% das drogas apreendidas, com 397 kg encontrados, seguindo da cocaína (81 kg) e crack (3 kg).

A corporação ainda localizou 48 armas, entre metralhadora, pistolas e revólveres. Os agentes abordaram 9.846 pessoas e vistoriaram 1.802 veículos. O 10° Baep deu apoio em 700 ocorrências de outras unidades.

Batalhão atende 52 cidades, dentre elas Americana, Hortolândia e Santa Bárbara – Foto: Governo do Estado de São Paulo

Em nota, o 10° Baep ressaltou que “as ações desenvolvidas durante o período de atividade refletem todo o profissionalismo e dedicação de seus integrantes, com resultados expressivos quanto ao número de apoios realizados, prisões de bandidos e apreensões de armas e entorpecentes efetuadas”.

Por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e, em respeito às pessoas que perderam suas vidas pela doença, a corporação afirma que deixou de celebrar esse momento.

“Apenas fazemos menção ao primeiro aniversário do 10º Baep que, sempre tomando todas as medidas de precaução necessárias, não deixou de prestar um serviço de excelência à comunidade e o apoio às demais modalidades e programas de policiamento já desenvolvidos pelos demais Batalhões de Polícia Militar”, diz a nota.

Na inauguração da unidade, em dezembro do ano passado, as cidades de Americana, Hortolândia, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré foram citados como os municípios onde havia uma necessidade de maior atenção da corporação.

O que faz o 10° Baep?
A atuação do Batalhão de Ações Especiais de Polícia abrange muitas situações. Reintegrações de posse, apoio a segurança em visitas de chefes de Estado, acompanhamento de manifestações públicas, operações especiais com o Ministério Público, controle de rebeliões em prisões, ações antiterrorismo, entre outras.

Entre os crimes mais atendidos no dia a dia são os homicídios, latrocínios, roubos, apreensões de armas, tráfico de drogas e combate ao crime organizado.

Publicidade