01 de agosto de 2021 Atualizado 16:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CORONAVÍRUS

Nova Odessa começa a vacinar adultos acima de 50 anos sem comorbidades

Calendário para pessoas com comorbidades muda; professores e grávidas devem procurar UBSs

Por Pedro Heiderich

15 jun 2021 às 14:23 • Última atualização 15 jun 2021 às 14:36

Maioria dos grupos prioritários é vacinada no ginásio municipal – Foto: Divulgação/Prefeitura de Nova Odessa

Nova Odessa começou nesta segunda-feira (14) a vacinar adultos acima de 50 anos sem comorbidades contra o coronavírus (Covid-19).

Em dois dias, no sábado (12) e na segunda-feira (14), Nova Odessa vacinou mais 598 pessoas, chegando a 14.345 primeiras doses aplicadas, o equivalente a 23,5% da sua população.

Dentre os vacinados está a nova categoria citada acima, anunciada pelo Estado para começar na quarta-feira (16). Nova Odessa tem ainda 5.944 moradores já com o esquema vacinal completo, ou 9,7% do total.

“Como havia um pouco de vacinas em estoque, decidimos atender adultos sem comorbidades acima de 50 anos. Encerra-se nesta terça (15) o calendário dos crônicos e recomeça quarta uma fase para a população em geral (por idade)”, explicou a coordenadora da Vigilância, Paula Mestriner.

Na região, Santa Bárbara d’Oeste fará o mesmo a partir desta quarta-feira. Já Hortolândia se antecipou, começando no sábado (12) a imunização dessa faixa etária. Americana e Sumaré também já começaram a imunização da categoria.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Estão sendo vacinados em Nova Odessa: portadores de deficiências permanentes acima de 18 anos, adultos com comorbidades de 18 a 59 anos e idosos de 60 anos ou mais que ainda não foram imunizados.

Todos estes grupos são vacinados no Ginásio do Jardim Santa Rosa, das 8h às 15h45. Para evitar aglomerações no ginásio, a prefeitura definiu que, os moradores devem comparecer ao local no dia da semana reservado para seu mês de nascimento.

Assim, quem nasceu em janeiro, fevereiro ou março será vacinado às segundas-feiras; quem nasceu em abril, maio e junho às terças; os nascidos em julho e agosto às quartas; os de setembro e outubro às quintas; e nascidos em novembro e dezembro às sextas-feiras.

NA UBS

Já os profissionais da Educação com QR Code em mãos devem, a partir desta quarta-feira (16), procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro ou região onde fica a escola em que leciona, conforme a tabela do mês de nascimento. Este QR Code pode ser obtido em vacinaja.educacao.sp.gov.br.

Da mesma forma, as gestantes e puérperas devem ir diretamente à UBS onde realizam ou realizaram o pré-natal, ou à qual estão referenciadas, em qualquer dia da semana.

Tanto com os profissionais de escolas quanto com as gestante e puérperas, será utilizado lote da vacina da Pfizer, recebido na quinta-feira (10). Imunizantes deste tipo já foram usados na sexta (11), para vacinar deficientes da Apae.

Publicidade