27 de fevereiro de 2024 Atualizado 09:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

meio ambiente

Terreno sobre aquífero vira área de descarte irregular de entulho em Americana

Descarte foi denunciado pela Greiner Bio-One à Prefeitura de Americana, que solicitará a limpeza do terreno

Por Gabriel Pitor

21 de novembro de 2023, às 07h25 • Última atualização em 21 de novembro de 2023, às 07h26

Um terreno sobre o aquífero Tubarão, atrás da empresa Greiner Bio-One e ao lado de uma envasadora de água mineral, em Americana, virou área de descarte irregular de entulho.

A multinacional austríaca apresentou uma denúncia à prefeitura e apontou o perigo de contaminação de um poço artesiano, que é abastecido pelo aquífero.

LIBERAL foi até o local e constatou situação irregular – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

Parte da produção da empresa, que atua no segmento de biociência e diagnósticos, utiliza a água desse poço.

Na semana passada, o LIBERAL foi até o local e constatou pelo menos 16 montes com descarte de tijolos, areia, terra, materiais de construção, latas de tinta e até pedaços e raspagem de asfalto — serviço geralmente feito por empresas ou autarquias especializadas.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Eles estão expostos às condições climáticas, o que pode levar a um processo chamado de deposição, ou seja, quando resíduos ou compostos químicos contaminantes atingem as águas subterrâneas.

De acordo com artigos da Abas (Associação Brasileira de Águas Subterrâneas), a deposição é um dos fatores que levam à contaminação de um aquífero.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

“Essa questão do terreno para mim, cara, corta o coração. Você está em cima de aquífero ali. É ruim para a cidade. Eu não sei de quem é o terreno, não me interessa de quem é, mas estão destruindo”, comentou o gerente da Greiner Bio-One, Haroldo Fontes Graci.

Ao LIBERAL, a Prefeitura de Americana confirmou que recebeu uma denúncia da multinacional e disse que acionou o GPA (Grupo de Proteção Ambiental) para fazer uma fiscalização.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Material de reuso

Segundo a administração, “o descarte aparentemente é de material de reuso” e não sendo identificado o autor, “será solicitada a limpeza do terreno pelo setor responsável.”

Conforme dados do Instituto Geológico, do Governo do Estado de São Paulo, o aquífero Tubarão se estende pelo oeste do Estado e atinge grandes profundidades, por isso o seu uso é restrito às porções superficiais, com área de 20,7 mil km².

O aquífero é importante para o abastecimento de cidades como Americana, Limeira, Itapetininga, Porto Feliz, Tietê, Monte Mor e Capivari.

Publicidade