04 de junho de 2020 Atualizado 16:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

PONTO CRÍTICO

Omar assina contrato para troca da tubulação da Campos Sales

Serviço será feito de forma subterrânea, sem quebrar o asfalto, para que não haja prejuízos para os comerciantes da região; obra começa em 15 dias

Por André Rossi

31 mar 2020 às 12:30 • Última atualização 31 mar 2020 às 21:44

O prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), assinou nesta terça-feira (31) contrato com a empresa Colinea para trocar 1.100 metros de tubulação da Avenida Campos Sales. A promessa do DAE (Departamento de Água e Esgoto) é de que o serviço será feito de forma subterrânea, ou seja, sem quebrar o asfalto, para que não haja prejuízos para os comerciantes da região e o trânsito não seja afetado.

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

Foto: Captura de tela
Omar (esq.) assinou a ordem de serviço ao lado do diretor do DAE, Carlos Zappia, em transmissão no Facebook

Na última quarta-feira (24), a subadutora da avenida rompeu pela oitava vez no ano, minutos depois de ter passado por um reparo. A estrutura é de 1998 e possui defeitos de fabricação, segundo avaliação do DAE.

A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito durante uma transmissão pelo Facebook. A ideia é de que a obra comece em 15 dias e seja concluída em até 60. O valor total do contrato é de R$ 1,6 milhão, dos quais R$ 1 milhão foi para mão de obra e R$ 600 mil para equipamentos. O custo final é 40% abaixo do previsto pela administração.

Podcast: Sete edições do Além da Capa para ouvir durante a quarentena

Além da troca da tubulação da Campos Sales, o contrato contempla a construção de mais um trecho do anel de reforço de abastecimento d’água na região da Nove de Julho. Com a intervenção, a ideia é aumentar a pressurização e melhorar a distribuição para os moradores dos bairros Bela Vista, São Domingos, Santa Maria e Jardim Paulistano.

De acordo com o diretor do DAE de Americana, Carlos Cesar Gimenes Zappia, a autarquia está estudando com a empresa a melhor maneira de realizar a substituição da rede da Campos Sales de forma subterrânea. O pedido foi feito pelo próprio prefeito para que o comércio não seja prejudicado com as obras.

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

“A gente abre pequenas ‘janelas’, onde um equipamento de perfuração puxa a rede. Vai puxando e vamos fazendo as conexões. Existem cortes (no asfalto), mas são apenas janelas em pontos específicos que vão ser pré-determinados pela empresa junto com o DAE. Facilita muito o serviço. São apenas buracos específicos, pequenos, em alguns pontos para fazer a ligação”, afirmou Zappia.

A previsão da prefeitura é de que o abastecimento só será interrompido após a conclusão das obras para que seja concretizada a interligação. O cronograma completo ainda será divulgado pela administração.