26 de maio de 2024 Atualizado 20:10

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Furtos de roupas

Mulher descobria loja que recebia mercadoria e avisava comparsas sobre furtos em Americana

Três pessoas foram detidas pela Gama por furtos contra lojas de roupas, mas acabaram soltas por não ser mais flagrante

Por Paula Nacasaki e Cristiani Azanha

01 de abril de 2024, às 19h28 • Última atualização em 02 de abril de 2024, às 11h17

Três pessoas foram detidas pela Gama (Guarda Municipal de Americana) na madrugada desta segunda-feira (1º) com roupas furtadas de uma loja no Residencial Jaguari, em Americana, na semana passada. As detenções aconteceram nos bairros Cidade Jardim e Profilurb, na região do Antonio Zanaga.

Uma mulher pesquisava nas redes sociais as lojas que acabavam de receber mercadorias e avisava dois comparsas, que foram apontados pela polícia como os suspeitos dos furtos.

Diversas peças de roupas foram recuperadas pela Gama – Foto: Paula Nacasaki/Liberal

O trio foi identificado em pelo menos três crimes, segundo a Gama. Com os suspeitos, os patrulheiros recuperaram cerca de R$ 40 mil em mercadorias. Apesar de terem sido detidos, eles foram soltos, já que não estavam mais em situação de flagrante.

O subinspetor Siderlei Aparecido de Almeida, da Gama, disse que os guardas foram informados, por volta de 4h, pelo setor de inteligência da corporação, de que um Ford Ka, utilizado em um furto contra uma loja de roupas no Jaguari, na semana passada, estaria transitando pela Cidade Jardim.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Com essas informações, os guardas começaram as buscas pela região e encontraram o veículo com dois ocupantes, sendo um homem e uma mulher. Durante a abordagem, o suspeito confessou ter participado do furto no Jaguari e, inclusive, vestia um tênis, uma camisa e uma corrente que foram levados no dia do crime.

Após a ação, os patrulheiros foram até a casa do suspeito, no mesmo bairro, e encontraram diversas peças de roupas furtadas. Em seguida, o homem informou a participação de um terceiro indivíduo no crime.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Os patrulheiros então foram ao endereço deste outro envolvido, no Profilurb, e o encontraram. Ele tinha consigo mais peças de roupas furtadas e também confessou o crime.

Redes sociais

Uma das vítimas dos crimes foi a comerciante Jacqueline Priscila Camazão, que teve a sua loja furtada no Nova Carioba. A Gama recuperou R$ 22 mil em mercadorias, o que corresponde a aproximadamente 80% das roupas furtadas.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Ela comentou que anunciou nas redes sociais que chegaram mercadorias em uma terça-feira (26) e foi furtada no dia seguinte. “Com meu amigo que tem uma loja masculina, aconteceu a mesma coisa. Ele também anunciou para os clientes que chegaram novas roupas e teve todo o seu estoque furtado”, relatou.

A comerciante disse ainda que ficou decepcionada com a soltura dos suspeitos. “Fico inconformada com essa situação. Tivemos todo esse transtorno e no final das contas não ficaram presos”, desabafou.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade