19 de abril de 2024 Atualizado 18:04

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CRIMINALIDADE

Comerciantes reclamam de onda de furtos nas proximidades da Prefeitura de Americana

Segundo proprietários ouvidos pelo LIBERAL, desde novembro de 2023 foram ao menos oito ocorrências

Por Gabriel Pitor

04 de abril de 2024, às 08h26

Uma onda de furtos tem preocupado comerciantes dos bairros Vila Medon, Vila Pavan e Vila Galo, nas proximidades da prefeitura, em Americana.

Segundo proprietários de estabelecimentos ouvidos pelo LIBERAL, que se mostraram insatisfeitos com a situação, desde novembro do ano passado foram ao menos oito ocorrências na região, com prejuízos que vão a até R$ 20 mil.

Comércio na Avenida Cillos, perto do Paço Municipal – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

A reportagem conversou com o dono de uma ótica que relatou ter sido furtado três vezes em um período de cinco meses.

Os criminosos atiraram pedras nas vitrines e levaram óculos, manequins e outros itens do local. Para tentar conter os furtos, o proprietário instalou uma grade em cima dos vidros.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Já a dona de uma loja de roupas, que não quis se identificar, contou que teve dinheiro do caixa e objetos eletrônicos levados também por três vezes. “São coisas que podem ser vendidas”, disse.

Esse problema piorou muito desde outubro do ano passado, aí a gente tem esse desgaste por conta dos furtos”, completou.

O LIBERAL ainda foi informado de outras duas ocorrências do tipo na região: uma em uma doceria, que teve fios de cobre do sistema de ar condicionado furtados, e uma franquia de bolos, que também teve itens subtraídos.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

A Gama (Guarda Municipal de Americana) informou que vem intensificando o patrulhamento dia e noite naquela região e ressaltou a importância de ser feito o boletim de ocorrência.

Por sua vez, a SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) disse que tem conhecimento dos casos e diligências são realizadas visando a identificação e a prisão dos autores.

“As polícias Civil e Militar monitoram os índices de criminalidade e realizam trabalhos ostensivo, preventivo e investigativo a fim de coibir a reincidência”, concluiu.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade