18 de janeiro de 2021 Atualizado 22:42

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

ELEIÇÕES 2020

Chico Sardelli foi o mais votado em 83% das urnas em Americana; veja a votação por seções

Levantamento do LIBERAL mostra vitória de prefeito eleito em 370 das 445 seções; Giovana se destacou no São Jerônimo

Por João Colosalle

29 nov 2020 às 07:00 • Última atualização 30 nov 2020 às 09:22

O prefeito eleito Chico Sardelli (PV) foi o mais votado em 83% das urnas em Americana, mostra um levantamento exclusivo do LIBERAL em dados da Justiça Eleitoral.

O percentual corresponde a 370 das 445 seções do município. No total, Chico teve 40.014 votos nas eleições do dia 15 de novembro, o equivalente a 36,19%.

Veja a votação por seção nas urnas da 158ª Zona Eleitoral

Veja a votação por seção nas urnas da 384ª Zona Eleitoral

A partir dos resultados de cada urna, o LIBERAL mapeou o desempenho dos três candidatos mais votados em Americana. Cada uma das urnas corresponde a uma seção eleitoral no município.

Segunda candidata mais votada, com 29.562 votos (26,74%), Maria Giovana (PDT) conseguiu ser a mais escolhida pelos eleitores em 64 das 445 seções. Já Rafael Macris, do PSDB, só liderou em cinco delas – o tucano teve 19.573 votos (17,7%). Outras seis registraram empate entre Chico e Giovana.

O desempenho dos candidatos também foi medido pelo LIBERAL de acordo com a região das seções de votação.

O resultado pode traduzir a preferência de determinadas localidades por um nome ou outro já que, apesar de não ser uma regra, é comum que os eleitores votem em escolas próximas a onde moram.

Ainda que o fechamento das urnas tenha dado vantagem confortável a Chico em relação a Giovana, o então candidato do PV enfrentou maior resistência pela preferência ante a pedetista na região do São Jerônimo, a que concentra bairros periféricos e populosos e o maior número de seções.

O prefeito eleito Chico Sardelli, após o resultado oficial das eleições – Foto: Ernesto Rodrigues – O Liberal

Em 68 urnas da área, Chico levou em 31 e Giovana, em 32. Na soma dos votos, o prefeito eleito teve pequena vantagem – ganhou por 5.269 a 5.128.

Outra região disputada foi a do Zanaga, também periférica e populosa, com 55 seções. A diferença de votos entre os dois foi de 248, apesar da diferença grande entre a liderança por urnas (38 a 15 para Chico, e dois empates).

O desempenho do candidato eleito teve a participação da vitória em grandes “colégios eleitorais” de Americana. Chico foi o mais votado em escolas como Polivalente, FAM, Emei Paulo Freire, Heitor Penteado e Ciep Jaguari.

Nome forte na disputa pelo governo, Rafael Macris teve votação expressiva em apenas cinco seções, em escolas dos bairros Mathiensen, São Jerônimo e Jardim da Paz. Em todos os casos, porém, a diferença para Chico e Giovana foi pequena.

Colaboraram Talita Bristotti, Natália Velosa, Bianca Martim e Stela Pires

Publicidade