26 de fevereiro de 2021 Atualizado 15:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Americana vai vacinar profissionais de saúde autônomos

Trabalhadores poderão se imunizar na próxima quinta-feira na UBS Vila Gallo; declaração que comprove atuação é obrigatória

Por André Rossi

16 fev 2021 às 18:20

Profissionais serão vacinados nesta quinta-feira (18) na UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Gallo - Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal

A Prefeitura de Americana informou que os profissionais de saúde que ainda não receberam a vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) poderão ser vacinados nesta quinta-feira (18) na UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Gallo, das 8h às 15h30.

A novidade é que, pela primeira vez desde o início da campanha, os profissionais de saúde que são autônomos poderão receber a primeira dose. Até então, eram imunizados apenas aqueles que atuam dentro de estabelecimentos de saúde, como farmácia, consultório e clínicas.

Agora, trabalhadores autônomos que prestam serviço em domicílio, por exemplo, poderão se vacinar. Porém, será exigida a apresentação de uma declaração do paciente ou de seu familiar que comprove o vínculo.

A vacinação estará disponível para estagiários que atuam em estabelecimentos de saúde humana. Os estudantes deverão apresentar declaração da instituição de ensino que ateste a atuação em campo de estágio na cidade.

A Secretaria de Saúde explicou que esses indivíduos deverão assinar um termo de responsabilidade na própria UBS, atestando que são as verídicas as informações apresentadas.

Em caso de fraude, a pessoa responderá criminalmente e está sujeita a multa de até R$ 49.453,00, conforme lei estadual nº 17.320/2021. Caso a pessoa seja agente público, a multa por desrespeitar a fila dobra: R$ 98.906,00.

De acordo com o secretário de saúde, Danilo Carvalho Oliveira, a vacinação para esse grupo está condicionada à disponibilidade do imunizante. A prefeitura foi questionada, mas não informou se há previsão de suspensão da primeira fase da campanha por falta de doses, algo que já ocorre em outras cidades da região, como Sumaré e Nova Odessa.

“Estamos ofertando a vacina de forma criteriosa, sabemos que ainda haverá procura, mas é sempre bom lembrar que a vacinação está condicionada ao quantitativo de doses que o município recebe do estado”, frisou Danilo.

Os técnicos responsáveis pela aplicação da vacina também estão sujeitos às penalidades. Se ficar comprovado que o técnico agiu intencionalmente ao vacinar quem ainda não estava contemplado no cronograma, o valor da multa chega a R$ 24.726,50.

“As mesmas penalidades também recaem sobre os superiores hierárquicos, caso comprovada ordem ou consentimento sobre o ato”, disse a prefeitura.

Balanço

Até o momento, Americana já vacinou 8.827 pessoas contra Covid-19. Na segunda-feira (15) foi iniciada a aplicação da segunda dose aos que já haviam recebido a primeira.

“Somente ontem foram 329 profissionais de saúde revacinados em seus respectivos locais de atuação”, informou a prefeitura.

Publicidade