Porsche Cayenne passa por fusão doméstica

Versão Coupé do Porsche Cayenne ganha esportividade e se inspira esteticamente no 911, clássico da marca


O novo Porsche Cayenne já impressiona bastante por suas qualidades dinâmicas. Mas o Porsche Cayenne Coupé consegue aprimorar as qualidades já interessantes do modelo-base. Quando a fabricante se arriscou no segmento de utilitários esportivos, em 2002, foi uma aposta que desagradou a maioria dos clientes não gostou da ligação da ligação entre a marca alemã e o conceito de SUV.

A história, como se sabe, provou a genialidade dos executivos de Zufferhausen, distrito de Stuttgart onde fica a sede da empresa. Ao longo dos anos, que o modelo emplacou nada menos que 800 mil unidades ao redor do mundo. As duas primeiras versões até incorporaram o estilo, elegância, o brasão e a esportividade da Porsche. As qualidades dinâmicas, no entanto, eram penalizadas pelo tamanho e peso do carro, o que o limitava esportivamente.

Foto: Divulgação
Carro mostra suas qualidades com um perfil atlético, formas emocionais e dá grande atenção ao design

Agora isto mudou. A terceira geração do Porsche Cayenne representa uma combinação ideal entre esportividade e conforto com as qualidades clássicas da usabilidade diária. Ela também inclui vários sistemas avançados de conectividade que permitiram que o Porsche Cayenne Coupé fosse um carro projetado no futuro. Em diversos mercado, o SUV de grande porte é modelo o mais vendido na gama. Com um perfil atlético, formas emocionais e grande atenção ao design, pode ser definido como um verdadeiro carro esportivo, tanto pelas qualidades dinâmicas quanto pelo aprimoramento de suas características técnicas.

Isso se evidencia em elementos como a melhora da relação entre largura e altura, já que é mais longo, mais largo e 20 mm mais baixos. Mas também aparece nos para-lamas pronunciados, na frente rebaixada e nas grandes entradas de ar. Na vista lateral, as formas características da marca ficam explícitas e o teto com uma queda forte na parte traseira o aproxima das formas de um 911. A traseira, com spoiler ativo, reprisa detalhes da perua Panamera Sport Turismo.

Como parte das mudanças introduzidas anteriormente, destaca-se o sistema PAA, o Porsche Active Aerodinamics, presente na shooting brake Panamera Sport Turismo. Na traseira, há um spoiler superior fixo, na extremidade do teto, e um spoiler traseiro adicional na tampa do porta-malas, com 135 mm de largura. Ele permanece fixo até 90 km/h, quando se estende e aumenta de forma sensível o down force.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora