Reforma dos pisos dos cômodos sem bagunça

Modelos e métodos evitam estresse, como a utilização dos pisos laminados ou vinílicos


Foto: Eucatex / Divulgação
Os pisos laminados não suportam água, por isso, não devem ser instalados em ambientes como lavanderias, banheiros ou cozinhas

Reformar a casa é sempre uma missão trabalhosa. A bagunça, sujeira e o barulho gerado pelas obras e pelos materiais de construção podem gerar muita dor de cabeça. Mas nem tudo precisa ser desse jeito na hora de repaginar a casa: pelo menos quando o assunto é a troca do piso dos cômodos, já existem modelos e métodos que evitam todo esse estresse, como a utilização dos pisos laminados ou vinílicos.

Esses dois tipos de pisos podem ser aplicados diretamente sobre o contrapiso, sem a necessidade da utilização de argamassa. Além disso, podem também ser instalados sobre pisos já existentes no ambiente, sem precisar fazer a retirada do antigo. Assim, a produção de resíduos é mínima, evitando-se gastos com caçambas de entulhos e permitindo que o ambiente esteja pronto para ser usado imediatamente após a instalação.

Foto: Tarkett / Divulgação
Pisos vinílicos são ideais para locais com maior fluxo de pessoas. Já os laminados, podem ser utilizados em ambientes mais tranquilos, como salas de estar e dormitórios

“Laminados e vinílicos são pisos muito mais práticos do que o porcelanato”, afirma Marcos Macedo, gerente da Bandini, de Americana. “Além da facilidade de instalação, em que as peças são ‘encaixadas’, você ainda pode retirar o piso quando bem entender, sem risco de danificar a obra”. Mesmo assim, é importante a utilização de mão de obra qualificada, para que o resultado fique dentro do esperado pelo cliente.

O gerente explica, no entanto, que esses dois tipos de pisos têm indicação de uso diferente. “O vinílico é mais indicado para lugares com bastante tráfego, como pontos comerciais, por exemplo. Ele tem uma resistência e uma durabilidade maior. O laminado, por sua vez, é recomendado para lugares com pouco movimento, como salas, quartos e apartamentos e não pode ser colocado em áreas úmidas, como lavanderia ou banheiro”, observa Marcos.

Dicas do profissional

Quem escolhe pisos vinílicos e laminados precisa se preocupar com manutenção?

Apesar dos pisos laminados e vinílicos serem mais práticos e simples de instalar, é importante salientar que, seja qual for a escolha, o sucesso do projeto depende muito do que se deseja do produto escolhido, manutenção correta e local em que o material será aplicado.

Foto: Eucatex / Divulgação
Os pisos vinílicos podem ser encontrados em diversos modelos e estampas, que podem dar uma cara totalmente nova a cada ambiente

Então seguir o projeto é fundamental?

É preciso que o projeto da casa seja seguido à risca. Em ambientes como cozinhas e banheiros, esses pisos não são adequados. Para esses ambientes, os pisos cerâmicos são os mais indicados.

E sobre a resistência dos vinílicos e laminados?

Tanto o laminado como o vinílico são revestimentos resistentes e, em relação à limpeza, ambos são de fácil manutenção: um simples pano úmido e uma vassoura de cerdas macias dão conta do recado.

Esses pisos oferecem conforto térmico?

Esse é um dos principais pontos positivos desses dois tipos de revestimentos: o conforto térmico que proporcionam para os ambientes em todas as estações do ano.

Qual vantagem você destacaria do vinílico?

A vantagem do vinílico é que ele absorve consideravelmente o som causado pelo impacto, eliminando o inconveniente toque-toque dos passos, comum em superfícies como o laminado.

Fonte: Comfer

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora