28 de novembro de 2020 Atualizado 10:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Motors

Mini Countryman JCW: um esportivo familiar cheio de estilo

Veículo tem muita potência sob o capô e traz a versatilidade oferecida por qualquer utilitário

Por Astrid Zapata/Auto Press

11 out 2020 às 08:45

Não há dúvida de que os SUVs (Sport Utility Vehicles) entraram em praticamente todos os cantos da indústria e hoje são mais um fundamento de mercado do que uma questão de marketing. Virou obrigação ter pelo menos um utilitário dentro da gama de produtos de cada marca.

Mini Countryman JCW ganhou remodelação no modelo britânico – Foto: Divulgação

Mesmo os mais selecionados fabricantes de carros esportivos e de luxo sucumbiram ao sucesso deste segmento. Embora muitos deles tivessem jurado anteriormente que não participariam desse nicho, praticamente todos tiveram de esquecer a promessa e se render a esta imposição do mercado.

Um expoente que poderia ser considerado de “entrada” neste segmento de SUVs esportivos de luxo é o Mini Countryman JCW. O modelo britânico, inclusive, acaba de receber um discretíssimo face-lift, onde a moldura vermelha na parte interna da grade foi trocada por um friso reto, ainda em vermelho, e a lanterna passa a trazer uma referência à Union Jack, a bandeira britânica.

Essa remodelação do Countryman tem previsão para desembarcar no Brasil no último semestre do ano. As versões “normais” – Exclusive, Top, S All4, S E All4 ‑, lançadas em maio na Europa, devem ser as primeiras a chegar. Já a versão esportiva JCW All4 do Mini Countryman, apresentada lá fora em julho, só deve ser trazida em 2021. A versão atualmente comercializada custa R$ 289.990.

A tendência é que o novo Countryman JCW All4, por conta do dólar, deve ser vendido por um valor um pouco mais alto. Sob o capô, o modelo traz o mesmo motor Twinpower Turbo com 2.0 litros e quatro cilindros, que gera 306 cv de potência e 45,9 kgfm de torque. Ele é gerenciado por um câmbio automático de oito marchas e é capaz de acelerar o modelo de zero a 100 km/h em 5,1 segundos e levá-lo à máxima de 250 km/h.

Além do desempenho agressivo, que busca a agradar o motorista, o Countryman JCW cumpre a função de SUV para atender à demanda familiar, com um bom porta-malas de 450 litros, também de modelo de luxo, com um bom nível de equipamentos.

Ele traz ar-condicionado automático duplo, chave presencial para travas e ignição, revestimento em couro sintético nos bancos e em couro natural no volante, sistema de entretenimento com tela “touch” de 8,8 polegadas, com conexão wireless com Apple CarPlay e Android Auto e GPS integrado.

A maior força se concentra na qualidade dos materiais e montagem, com um interior extremamente marcante, bem como alguns elementos diferenciadores em termos de equipamentos. Por outro lado, faltam compartimentos e a habitabilidade na parte de trás é um tanto limitada.

Na parte de segurança, o Countryman JCW traz o trivial para a categoria. São seis airbags, controle de cruzeiro adaptativo, controle de estabilidade e tração, frenagem automática de emergência, câmera de ré, assistente de estacionamento e sensores de obstáculos dianteiro e traseiro.


Publicidade