03 de dezembro de 2020 Atualizado 22:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Motors

Audi decide apostar na versão Sportback do Q3

Audi Q3 Sportback tem o conforto e versatilidade dos maiores SUVs da marca, mas é mais jovem e esportivo

Por Auto Press

22 ago 2020 às 15:38

A febre por esportivos utilitários contagiou o mundo há mais de 10 anos e vem se aprofundando. A impressão é que qualquer produto que chegue obedecendo este conceito da “moda” teria garantido algum sucesso.

O caos é que o segmento fica superpovoado e, para manter uma fatia no bolo, as fabricantes devem se adaptar e criar alternativas para o mercado.

Uma das que estão se popularizando é a configuração do tipo cupê do SUV, inaugurada pela BMW em seu modelo X6. Agora a Audi decidiu aderir a este subsegmento na segunda geração de seu SUV médio Q3.

Como o Q3 é um dos modelos mais importantes por conta das vendas, a Audi decidiu apostar na versão Sportback – Foto: Divulgação

A montadora alemã decidiu apostar na ampliação de seu mercado com a versão Sportback, que sacrifica um pouco de habitabilidade, mas aumenta o poder de jovialidade do veículo.

No design, no lugar da trama quadriculada do Q3 tradicional, ele traz a grade octogonal com design de favo de mel, entradas de ar falsas um pouco mais verticais e acabamento em preto brilhante.

Na traseira, porém, é onde fica notável a personalidade do cupê, com um caimento tipo gota e o vidro traseiro mais inclinado, com um spoiler na junção com o teto, e um grande difusor traseiro na base do para-choque do automóvel.

No Brasil, A Audi importa esta configuração Sportback apenas na versão RS Q3, que calça sempre rodas de 21 polegadas com um conjunto de pneus 255/35 98Y.

Em relação à motorização, o Q3 Sportback tem três opções a gasolina. A versão 35 recebe o motor 1.4 litro (ou 1.5 l, dependendo do mercado), que rende 150 cv e 25,5 kgfm de torque, usado no Brasil em modelos da Volkswagen e no Q3 tradicional.

A motorização imediatamente superior é a 40, que tem motor 2.0 litros com 180 cv. A configuração seguinte é a 45, que tem também motor 2.0 litros, mas com 220 cv e 35,7 kgfm, como o usado no Volkswagen Tiguan R Line 350 TSI.

No Brasil, o RS Q3 Sportback recebe chega na versão 55, com motor 2.5 litros de 400 cv e 49,6 kgfm, com tração integral quattro. Todas as variantes trabalham com o câmbio S-Tronic de dupla embreagem e sete velocidades.

*Por Astrid Zapata / autocosmos.com / México

Publicidade