27 de fevereiro de 2024 Atualizado 09:36

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

PAIS E FILHOS

Dificuldade para brincar com outras crianças indica necessidade de estímulos

Atraso na fala tem consequências significativas para o desenvolvimento infantil

Por Da redação

06 de novembro de 2023, às 07h30 • Última atualização em 06 de novembro de 2023, às 07h31

A intervenção precoce é fundamental para ajudar a criança a desenvolver habilidades de comunicação e interação - Foto: Adobe Stock

O desenvolvimento da fala é um processo importante na vida de uma criança, mas para algumas famílias pode ser um desafio. Se o seu filho está enfrentando dificuldades para se comunicar e interagir com outras crianças porque ainda não sabe falar, uma intervenção adequada é importante para garantir um futuro mais positivo.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Segundo a fonoaudióloga Camila Koszka, especialista no desenvolvimento da fala em crianças, a falta de estímulo e orientação corretos pode acarretar em consequências significativas para o desenvolvimento infantil. “Se os pais não estimularem corretamente seu filho, ajudando-o a superar essa dificuldade, a criança terá muitas outras em sua trajetória. Socialização e alfabetização são as primeiras barreiras a serem enfrentadas”, alerta Koszka.

A fala desempenha um papel crucial na interação social e na capacidade de uma criança se comunicar efetivamente com seus colegas. Crianças com atraso na fala frequentemente enfrentam desafios ao se envolver em atividades de grupo e brincadeiras com outras crianças. Essas dificuldades podem resultar em isolamento social, baixa autoestima e até mesmo dificuldades de aprendizado.

Camila explica que a criança que possui atraso na fala tenta se comunicar de uma forma gestual e motora. A especialista esclarece que, quando ela não consegue falar ela pode ir “para cima” de outra criança para pegar o brinquedo porque ela não sabe dizer o que quer e pode ser interpretada por outras crianças ou até adultos como uma criança que não tem limites e isso vai acarretar na interação e socialização.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

“Por isso, dar um modelo, nomear o que ela quer, é muito importante para que os pais possam direcionar esse comportamento e para que a criança possa copiar posteriormente”, comenta.

Camila Koszka, que é autora do capítulo “Estimulação da fala na rotina diária: passo a passo para a interação” no livro “Simplificando o Autismo” (Literare Books International), ressalta a importância de abordar o atraso na fala de maneira adequada desde cedo.

“A intervenção precoce é fundamental para ajudar a criança a desenvolver habilidades de comunicação e interação. Os pais desempenham um papel vital nesse processo, proporcionando um ambiente rico em estímulos e oportunidades de aprendizado”, destaca a fonoaudióloga.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

No livro, Camila Koszka contribui com seu conhecimento sobre estimulação da fala e oferece recursos valiosos para pais, cuidadores e profissionais da área. Através de estratégias práticas e insights embasados na pesquisa, o livro visa auxiliar as famílias a entenderem as necessidades das crianças com atraso na fala e a oferecerem o suporte necessário para o seu desenvolvimento saudável.

Publicidade