15 de abril de 2021 Atualizado 08:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

TUDO OU NADA

Rio Branco encara o São José em busca de vitória por dois gols de diferença

Resultado é necessário para o Tigre avançar às semifinais da Bezinha; Campangnollo confia na classificação

Por Rodrigo Alonso

02 dez 2020 às 08:10

Vencer o time de melhor campanha na competição, fora de casa, por dois gols de diferença. É isso que o Rio Branco deverá fazer nesta quarta-feira (2), contra o São José, para seguir vivo na temporada. Apesar da dificuldade, o técnico do Tigre, Marcos Campangnollo, reforçou que essa missão “não é impossível”.

As equipes se enfrentam às 17 horas, no jogo da volta das quartas de final do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão, a popular Bezinha. O duelo acontece no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. Na partida de ida, em Americana, o Rio Branco perdeu por 1 a 0.

Time precisa correr atrás do prejuízo após a derrota em Americana – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Nesse segundo confronto, o time do Vale da Paraíba avançará para as semifinais mesmo se perder por um gol de diferença. Isso porque o São José, por ter melhor retrospecto, leva vantagem em caso de empate na soma dos resultados, conforme prevê o regulamento.

“No primeiro tempo do mata-mata, estamos perdendo por 1 a 0. Temos o segundo tempo amanhã [nesta quarta], e nesse segundo tempo a gente precisa do resultado. Não é impossível, porque a nossa equipe também tem qualidade. Os atletas estão bem focados, sabendo da responsabilidade”, disse Campangnollo.

Para o treinador, no primeiro confronto, o Tigre foi pior do que nas partidas anteriores e, mesmo assim, jogou de igual para igual com o adversário. Ele acredita que seu time pode ter um desempenho melhor nesta quarta e, dessa forma, conquistar a classificação.

“Agora, é correr atrás do prejuízo. Temos totais chances de reverter essa situação. Na minha concepção, a equipe não jogou 50% do que vinha jogando”, declarou.

Pelo lado do São José, um revés por dois gols de diferença seria inédito nesta edição da Bezinha. A equipe sofreu duas derrotas no campeonato. Em ambas, ficou apenas um gol atrás.

O Rio Branco, por sua vez, venceu apenas um jogo por mais que um gol de vantagem. Na ocasião, goleou o Elosport por 4 a 0, em Capão Bonito, pela segunda rodada.

Para o jogo desta quarta, Campangnollo afirmou que está em dúvida entre David e Samuel no comando do ataque. De resto, o time não deve ter novidades.

Ficha técnica

SÃO JOSÉ
Matheus Lopes; Juninho, Raphael, Joaquim e Pavani; Jé, Bruno Luka e Neto Alexandre; Breno, Lucas Lima e Santiago. Técnico: Ricardo Costa.

RIO BRANCO
Felipe Ramos; Pimentel, Machado, Crepaldi e Leandro Guizi; Hércules, Gustavo Gomes e Luis Antonio; Matheus Lu, Samuel (David) e Thiago. Técnico: Marcos Campangnollo.

ÁRBITRO: Alysson Fernandes Matias.
LOCAL: Estádio Martins Pereira, às 17 horas, em São José dos Campos (SP).
TRANSMISSÃO: Rádio Clube (AM 580).

Publicidade