14 de maio de 2021 Atualizado 09:57

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ATLETISMO

Felipe Bardi volta a correr abaixo do índice olímpico no EUA, mas vento atrapalha

Americanense venceu o Chula Vista High Performance #2, nos EUA, com 10s02, marca que não foi homologada

Por Rodrigo Alonso

26 abr 2021 às 16:10 • Última atualização 26 abr 2021 às 16:30

O velocista americanense Felipe Bardi voltou a correr abaixo do índice olímpico dos 100 metros rasos neste domingo (25), mas, mais uma vez, o vento impediu a homologação da marca. Ele fez o tempo de 10s02 e, com o resultado, venceu o torneio Chula Vista High Performance #2, nos Estados Unidos.

Com o vento acima do permitido, atleta foi o campeão dos 100 m rasos – Foto: Reprodução / Facebook

No momento da prova, o vento estava acima do permitido, com 2,6 m/s, situação que foi lamentada pelo atleta nas redes sociais. “Os planos de Deus são melhores que o nosso. Estamos no caminho”, escreveu o americanense de 22 anos, que segue atrás do índice de 10s05.

Bardi já havia superado essa marca em novembro do ano passado, durante o Campeonato Paulista, em Bragança Paulista, quando cravou 10s03 nas semifinais e 10s04 na final. No entanto, os tempos também não foram homologados por conta do vento.

Por enquanto, a melhor marca válida do atleta é 10s10. Ele volta a competir no próximo fim de semana, quando defenderá o País no Campeonato Mundial de Revezamento, na Polônia. Bardi está convocado para a disputa dos 4×100 m rasos.

Publicidade