23 de outubro de 2020 Atualizado 23:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Treinador

Ex-Rio Branco, Ferreirão, o ‘Rei do Acesso’, morre aos 71 anos

Luiz Carlos Ferreira dos Santos foi técnico do Tigre em 1989 e 2013; ele estava internado em Leme, devido a um tumor na cabeça

Por Rodrigo Alonso

14 set 2020 às 18:34

Com passagens pelo Rio Branco, o técnico Luiz Carlos Ferreira dos Santos, o Ferreirão, morreu neste domingo (13), aos 71 anos. Apelidado de “Rei do Acesso”, ele estava internado em Leme, devido a um tumor na cabeça, segundo nota de pesar divulgada pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

Ferreirão, em 2012, em sua apresentação no Tigre – Foto: Divulgação / Prefeitura de Americana

Seu primeiro trabalho no Tigre foi em 1989, na Divisão Especial do Campeonato Paulista. Ele assumiu a equipe em agosto, no lugar de Walter Zaparolli, que havia se demitido.

Ferreirão seguiu no comando até o fim da temporada e deu início à preparação para 1990. No entanto, as contratações do lateral Gilson e dos atacantes Bugre e Silva, feitas pela diretoria sem seu conhecimento, o levaram a pedir demissão.

O treinador voltou ao clube no final de 2012, quando começou a preparar o time para a Série A2 do ano seguinte, mas perdeu o emprego após ter somado dois pontos em cinco jogos.

À frente do Rio Branco, Ferreirão teve sete vitórias, cinco empates e seis derrotas. Em sua carreira, ele rodou o interior e ficou conhecido pelos acessos que conquistou.

“Além de ‘Rei do Acesso’, Luis Carlos Ferreira também era conhecido por topar desafios de curto prazo, também sendo ‘bombeiro’ em diversas oportunidades na carreira”, diz a federação.

Nascido em São José do Rio Preto, o técnico esteve em ação pela última vez em 2018, pelo Marília. O sepultamento aconteceu na tarde desta segunda-feira, em Leme.

Publicidade