24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

LIBERAL, 70

Jornal também é resultado do trabalho de ‘equipe dos bastidores’

Diferente de jornalistas, que estampam os nomes nas páginas, colaboradores de setores diversos ajudam na missão de informar

Por Redação

01 de junho de 2022, às 10h18 • Última atualização em 01 de junho de 2022, às 10h57

O nome da Bianca não aparece em uma página do LIBERAL, mas qualquer um que chegar ao balcão do jornal, na sede da Rua Tamoio, seja uma autoridade pública ou um fiel assinante, provavelmente topará com a colaboradora do setor administrativo antes de subir para uma entrevista na Redação ou nas rádios do Grupo Liberal.

O Wellington ou a Cássia também não figurarão nominalmente entre os que fazem o noticiário chegar aos leitores e cujos autores estão na ponta da língua dos mais atentos e ávidos consumidores das reportagens, mas, se o site do LIBERAL falhar, é o administrador de TI (Tecnologia da Informação) que buscará soluções. E se a edição impressa não chegar à casa do assinante, é ela, responsável pelo setor de assinaturas e distribuição, que tratará de resolver o inconveniente.

No telemarketing, tarefa é manter o relacionamento com os assinantes do jornal – Foto: Claudeci Junior / O Liberal

Diferente dos jornalistas, com nomes diariamente estampados nas páginas do jornal, um grande grupo de colaboradores ajuda a tornar o LIBERAL um produto possível e uma missão diariamente cumprida. Áreas administrativas, seja a limpeza ou o financeiro, e setores de impressão, como a pré-impressão e a gráfica, são fundamentais para o ciclo da distribuição da informação, por exemplo.

Ainda que o cinema tenha romantizado os jornais, com a figura dos jornalistas intrépidos em busca de um furo de reportagem, de nada adiantaria todo o trabalho para se conseguir uma informação se não houvesse viabilidade financeira para bancar a apuração ou se menosprezassem a qualidade de impressão de páginas que torna legível e agradável se folhear um jornal.

O balcão do LIBERAL, porta de entrada para visitantes e parte da administração – Foto: Claudeci Junior / O Liberal

Na rotina hollywoodiana da imprensa, fica de lado, muitas vezes, o empenho do departamento de assinaturas, que busca diariamente reforçar a atuais e futuros assinantes a relevância do jornal e a importância de se manter informado e colaborar para a produção da informação.

Este é o trabalho da Bruna Ramalho, por exemplo, que atua no relacionamento com assinantes. “A missão do telemarketing é mostrar o peso de se receber uma informação com qualidade”, resume ela.

Da mesma forma, a receita que vem dos anúncios é fundamental para sustentar a vida financeira de uma empresa de comunicação, cuja audiência, alcance e credibilidade são cobiçados pelas empresas – de pequenos a grandes negócios.

“O departamento comercial tem esse papel, de oferecer espaços dentro dos produtos do Grupo Liberal a clientes que queiram impactar uma audiência qualificada”, diz Fernando Giuliani, diretor comercial.

E diferente das décadas iniciais, o Grupo Liberal consegue hoje oferecer espaços publicitários em plataformas diversas. É possível que uma empresa, por exemplo, pague para anunciar no jornal impresso, nas rádios do grupo (FM Gold 94.7 e Clube AM 580) e em plataformas digitais, seja o site do jornal ou em formatos como o do Instagram Stories ou nos disparos da newsletter.

Publicidade