03 de dezembro de 2020 Atualizado 00:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Chic 10

Em prol da Apae, live do Rodrigo José ultrapassa 65 mil visualizações

Live do cantor Rodrigo José atrai pessoas de todas as regiões do País, alcançando 4 mil espectadores de uma só vez; artista realizou o show pela internet em prol da Apae de Americana

Por Rodrigo Alonso

14 Maio 2020 às 08:17 • Última atualização 14 Maio 2020 às 13:47

O cantor americanense Rodrigo José atraiu pessoas de todos as regiões do Brasil nesta quarta-feira, em sua live que arrecadou dinheiro para a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Americana.

Segundo a organização, os valores ainda estão sendo computados. O número de espectadores atingiu a casa dos 4 mil de uma só vez. A transmissão, até a manhã desta quinta-feira (14), já tinha ultrapassado a casa das 65 mil visualizações.

A transmissão ocorreu no canal do músico no YouTube. Ele fez o show diretamente de Americana, no estúdio da iTV Vídeo e Comunicação, responsável pela produção do espetáculo. A apresentação foi
conduzida pelo jornalista Alex Ferreira.

Na ocasião, o cantor lançou o disco “Rodrigo José – Volume 3”. Dentre as músicas que estarão no álbum, ele fez um destaque para “Volta Amor”. “Já está sendo cotada para uma futura novela”, revelou em primeira mão.

Personalidades da música fizeram participações com vídeo na live, como César Menotti, Ovelha, Zeca Baleiro, Luiz Carlos Maluly e Kiko Zambianchi. Houve, ainda, depoimentos de alunos e colaboradores da APAE, que pediam a contribuição dos espectadores.

Cantor lançou, durante a live, o disco “Rodrigo José – Volume 3” – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

“É emocionante, além de levar nossa música para o nosso público, que estava com tanta saudade de ouvir nossas músicas, também poder ajudar. A APAE faz um trabalho maravilhoso em Americana”, afirmou Rodrigo ao LIBERAL.

No show, o cantor se emocionou ao falar do cenário atual, que compreende a pandemia do coronavírus (Covid-19). Ele citou que, neste momento de quarentena, as pessoas têm consumido mais obras artísticas, como músicas e filmes. “Acho que é a hora de valorizar a arte, os artistas”, comentou.

Rodrigo cantou músicas autorais como “Eu Te Amo”, trilha sonora do filme “Jeitosinha” e da série da Rede Globo “Eu, a Vó e a Boi”, escrita por Miguel Falabella; e sucessos de outros artistas, como “Boate Azul”, “Fuscão Preto” e “Garçom”.

As canções foram ouvidas por pessoas de Norte a Sul do Brasil e também de outros países, como EUA e Turquia. “Senti o público através das lentes, das câmeras”, apontou o cantor, que teve apoio do músico Giovanni Bonfim.

Publicidade