03 de março de 2024 Atualizado 12:06

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Mudança no DAE

Em uma decisão pouco esperada, o prefeito Chico Sardelli (PV) resolveu trocar o comando do DAE

Por Redação

21 de janeiro de 2024, às 09h16 • Última atualização em 22 de janeiro de 2024, às 09h31

Em uma decisão pouco esperada, o prefeito Chico Sardelli (PV) resolveu, na última semana, trocar o comando do DAE, o departamento responsável pelo abastecimento de água e pelo serviço de esgoto em Americana. A mudança, que colocou o número dois da autarquia Marcos Morelli no lugar de Carlos Cezar Gimenez Zappia, na chefia desde 2018, ocorreu após reportagens do LIBERAL elencarem problemas com falta d’água em bairros diversos da cidade.

A determinação de Chico, então, foi uma forma de o governo dar uma resposta às duras críticas que o departamento tem enfrentado nos últimos dias pela recorrência de falhas no abastecimento – especialmente, neste período de calor extremo e atípico e alta demanda por água.

Desde a gestão de Omar Najar (MDB), a partir de 2015, Americana tem visto uma série de investimentos feitos pelo DAE no sistema de abastecimento. A questão da água também se fez uma prioridade no governo de Chico Sardelli, a partir de 2021. Ainda assim, uma quilométrica rede de tubulações obsoletas e um crescimento urbano em desequilíbrio em algumas áreas do município continuam a cobrar um esforço excepcional do Poder Público.

O fato de existir uma fila de 500 vazamentos para resolver, conforme o LIBERAL noticiou neste sábado, e de ainda haver bairros onde a água chega a muito custo, mesmo após a sequência de investimentos nos últimos anos, são motivos, porém, para se ponderar sobre a situação e recalibrar a eficiência dos serviços da autarquia.

A mudança no comando do DAE talvez seja importante neste sentido, de se buscar novos pontos de vista, reorganizar prioridades e encontrar outras soluções para o abastecimento.

A nova gestão não deve, de maneira alguma menosprezar o dissabor de se ter em casa torneiras secas. Pontual ou não, a falta d’água em Americana – um contraste peculiar em uma cidade tão desenvolvida economicamente – precisa ser página virada.

O Liberal

Neste blog, você encontra a opinião do Grupo Liberal por meio dos textos editoriais. Há mais de 70 anos, no coração e no espírito, compromisso com a verdade.