13 de maio de 2021 Atualizado 19:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Aplicativos da alma

Por Katya Forti

29 jan 2021 às 08:15

Sim. Eles existem. E são tantos. Mas a pergunta é: Sabemos utilizá-los? Assim como acontece com os recursos tecnológicos, em sua constante mutação, a alma é também um vasto universo a ser explorado e visitado.
Há os que, não tendo receio daquilo que poderão encontrar internamente, mergulham neste oceano, procurando conhecer a si mesmos.

Mas são poucos os que se dispõem a isto. A imensa maioria não tem segurança emocional para lidar com tais descobertas. Exatamente porque sair da chamada “zona de conforto”, implica em dar um passo adiante, e estar disposto a reviver momentos que de repente não foram tão bons. Sem sombra de dúvidas eles são necessários para o nosso crescimento enquanto pessoas.

Por um instante, olhar para eles com a lucidez de agora, libertos das emoções do momento, nos traz a compreensão, do porquê reagimos daquela maneira. E alcançar este entendimento, representa e acrescenta muito, emocionalmente falando.

De repente reconhecer a si mesmo, além das próprias reações, em uma determinada situação, e não se condenando ou se cobrando por isso, mas aceitando aquilo que habita em seu interior.

E claro, sempre procurando melhorar a si mesmo. Não em busca da perfeição, pois sabemos que ela não existe, em nível de excelência, aos nossos olhos humanos, no contexto em que estamos inseridos, neste plano da materialidade.

Libertador seria fazer um backup das lembranças felizes, formatar os medos, mágoas, tristezas e utilizar a esperança e a vontade de vencer, como antivírus eficazes para aniquilar os inimigos ocultos, que perambulam em nossa casa mental.

Liberando espaço para as novas descobertas, as emoções plenas, o riso espontâneo e sem reservas, e nossa capacidade de ousar.

Katya Forti é pedagoga e autora

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.