20 de outubro de 2020 Atualizado 23:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Médico da UPA Matão, em Sumaré, morre por coronavírus

João Roque Freitas Cordeiro estava internado há cerca de 10 dias na cidade de Araras

Por Marina Zanaki

27 set 2020 às 17:33 • Última atualização 27 set 2020 às 17:36

O médico cardiologista Joao Roque Freitas Cordeiro morreu na noite deste sábado (26) por conta do novo coronavírus (Covid-19). O profissional atuava na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Matão. Ele também trabalhava nos municípios de Rio Claro e Araras.

Médico atuava na UPA Matão, em Sumaré, e também trabalhava em Araras e Rio Claro – Foto: Prefeitura de Sumaré/Divulgação

Segundo informações da funerária, ele estava internado há cerca de 10 dias no Hospital Unimed, em Araras. Ele será cremado no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Rio Claro, cidade onde residia. A funerária informou que ele sofria de hipertensão e tinha 69 anos.

Em nota, a prefeitura de Sumaré lamentou a morte do médico. “A Administração Municipal agradece todos os anos dedicados aos cuidados da saúde dos cidadãos sumareenses e deseja os mais sinceros sentimentos para os familiares. Que Deus conforte o coração de todos neste momento tão difícil”, publicou a prefeitura.

Publicidade