Dona de casa é detida após tentar matar o marido

Mulher de 60 anos teria disparado contra o esposo, que conseguiu fugir e chamar a guarda; suspeita teria relatado "violência psicológica"


Uma dona de casa 60 anos foi detida na tarde desta quinta-feira (8) após tentar matar o esposo em Sumaré. A mulher teria disparado contra o empresário, de 62 anos, dentro de casa, mas ele não foi atingido e conseguiu fugir. Um patrulheiro da GCM (Guarda Civil Municipal) entrou no imóvel pelos fundos e conseguiu desarmar a idosa.

De acordo com informações da própria GCM, o caso ocorreu no bairro Chácaras Cruzeiro do Sul, às 16h30. Em patrulhamento pela região, os agentes foram acionados pela própria vítima.

O homem relatou que foi surpreendido dentro de casa pela esposa, que estava armada.  Ela teria disparado em sua direção. O empresário não foi atingido e conseguiu correr para buscar ajuda.

Diante da situação, viaturas da corporação se dirigiram para a frente da residência e começaram a negociar a rendição da mulher, que estava armada. O secretário de Segurança da cidade, Ricardo Zequin, participou das tratativas.

“O GCM Antunes conseguiu pular o muro e entrou pelos fundos da casa. Ele conseguiu aproximar-se da mulher por trás sem que a dona de casa percebesse e conseguiu desarmá-la”, afirmou a comandante da guarda, Simone Souza Nery.

Foto: Reprodução / Guarda Civil Municipal de Sumaré
Idosa foi desarmada por patrulheiros durante negociação em Sumaré

Ainda segundo relato da GCM, a mulher teria afirmado informalmente aos guardas que vinha sofrendo violência psicológica do companheiro e que “não estava aguentando mais”. Familiares ouvidos pela corporação afirmam que a dona de casa está com depressão, segundo a comandante Simone.

“Nesta data, ela resolveu que iria matar o marido e depois pretendia se matar”, cita comunicado da guarda. O empresário nega que tenha cometido qualquer tipo de violência contra a esposa.

A mulher foi levada ao 1º DP (Distrito Policial) de Sumaré para registro da ocorrência, que ainda não havia sido concluída até a publicação desta matéria. Um revólver, nove munições intactas e seis deflagradas foram apreendidas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora