DIG prende moradores de Sumaré suspeitos de roubarem R$ 13 mil de posto

Segundo a polícia, um dos indivíduos era funcionário da rede de postos de combustíveis e passou informações privilegiadas a dois parentes


A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Piracicaba prendeu nesta segunda-feira três homens suspeitos de terem roubado R$ 13 mil de um posto de combustíveis da cidade no ano passado. O trio é da mesma família e dois deles moram em Sumaré.

O crime aconteceu em agosto de 2019 e desde então o caso é investigado pela corporação, através da Operação Benvindo. Dois irmãos, moradores de Sumaré, e o primo deles, de Monte Mor, foram detidos em suas residências às 6h20 em cumprimento a mandados de prisão.

Foto: Polícia Civil / Divulgação
Polícia encontrou a arma utilizada no crime e R$ 2,9 mil

O setor de inteligência da DIG descobriu que um dos irmãos era funcionário da rede de postos de combustível. Ele recolhia os malotes, por isso sabia o dia e os valores que seriam recolhidos em cada unidade.

Essas informações foram passadas pelo suspeito aos outros dois parentes, que realizaram o roubo, utilizando uma moto e um revólver calibre 38. Eles renderam os funcionários e levaram R$ 13 mil em dinheiro.

As informações colhidas durante a investigação foram passadas à Justiça, que decretou a prisão temporária dos três homens. Na casa do suspeito de Monte Mor, a polícia encontrou a arma utilizada no crime e R$ 2,9 mil, além do celular roubado de um dos frentistas.

Foto: Polícia Civil / Divulgação
Dois irmãos, moradores de Sumaré, e o primo deles, de Monte Mor, foram detidos

Os irmãos foram encontrados na mesma casa em Sumaré. Lá também estava a motocicleta usada no roubo. O revólver apreendido está registrado em nome de um agente penitenciário. Como não existe queixa de roubo ou furto, ele terá que esclarecer o fato.

A operação foi batizada de “Benvindo” em alusão ao nome do posto de combustível que foi alvo da ação de criminosos. Dois dos presos possuem passagem na polícia por homicídio tentado e tráfico de drogas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora