24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Sumaré

Após licença, vereador investigado por homicídio reassume cargo em Sumaré

Sirineu Araújo responde em liberdade pelo homicídio de Rafael Emídio da Silva, de 39 anos, que ocorreu no dia 19 de agosto

Por Cristiani Azanha

07 de novembro de 2023, às 08h13

O vereador Sirineu Araújo, de Sumaré - Foto: Câmara de Sumaré/Divulgação

O vereador Sirineu Araújo (PL) retoma seu mandato e deve voltar na sessão da Câmara de Sumaré desta terça-feira. Ele estava fora de suas atividades desde o dia 5 de setembro, após pedir o afastamento do legislativo por motivos pessoais.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O parlamentar responde em liberdade pelo homicídio de Rafael Emídio da Silva, de 39 anos, que ocorreu no dia 19 de agosto, na região do Maria Antônia, em Sumaré.

A licença por 60 dias foi aprovada em plenário, por unanimidade. O vereador já está liberado para participar da sessão, após pedidos de licença. Dessa forma, Sirineu reassume as funções normalmente.

Quem ficou no lugar de Sirineu nos últimos dois meses foi o comerciante Allan Sangali, da região do Jardim Bom Retiro. Ele recebeu 906 votos.

“Durante 45 dias trabalhei muito, contribui na questão das enchentes, no dia a dia nas escolas, conseguimos muitas coisas graças ao bom relacionamento entre câmara e o prefeito Luiz Dalben (Cidadania)”, disse Sangalli.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

Investigação

O inquérito está sendo apurado pelo delegado Lúcio Antonio Petrocelli, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana. Após o crime, ele prestou depoimento.

Publicidade