08 de março de 2021 Atualizado 08:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Saúde

Vereador faz abaixo-assinado para reabrir UBS do Vista Alegre

Posto foi desativado no segundo semestre do ano passado pela Prefeitura de Santa Bárbara

Por Leonardo Oliveira

22 fev 2021 às 08:13

O vereador Carlos Fontes (PSL) iniciou uma campanha para colher assinaturas para um abaixo assinado visando a reabertura do posto de saúde do Jardim Vista Alegre, desativado no segundo semestre do ano passado pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste.

Segundo o parlamentar, 400 pessoas já assinaram os documentos, espalhados em diversos locais da cidade, como igrejas e bares. Uma petição online também foi disponibilizada e havia colhido 448 assinaturas até a noite da última sexta-feira.

Posto do Vista Alegre foi desativado no segundo semestre do ano passado – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

A unidade de saúde foi construída no início do século após ser votada em uma reunião do orçamento participativo na gestão do ex-prefeito Adilson Basso, que atuou como chefe do executivo entre 1997 e 2000.

Com o fechamento do posto, o atendimento na rede primária de saúde foi centralizado na UBS (Unidade Básica de Saúde) Regional Zona Sul – Dr. Joel Lincoln May Keese, no Santa Rita, e na UBS Dr. José Togeiro de Andrade, do Jardim São Francisco II/Santa Rita.

Fontes alega ter recebido centenas de reclamações de moradores do bairro. “Tem muitas pessoas idosas, gestantes, crianças, que agora tem que se deslocar cerca de três quilômetros a pé, quem não tem carro, para passar por uma consulta ou para medir a glicemia, pressão. Se tornou tudo difícil”, afirmou Fontes ao LIBERAL.

O parlamentar quer reunir 1 mil assinaturas para encaminhar ao Executivo, numa tentativa de pressionar a administração a reabrir o local.

“Acumulou hoje os atendimentos lá na UBS Regional da Zona Sul, acabou sufocando mais ainda lá, sendo que poderia continuar no Vista Alegre, que ia desafogar”, acrescenta.

A prefeitura foi questionada pelo LIBERAL sobre os motivos da unidade ter sido fechada e se havia previsão de reabrir o local. No entanto, a administração municipal não respondeu.

Publicidade