07 de agosto de 2022 Atualizado 18:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Fiscalização

Prefeitura de SB usa drone, cachorro e barco para fiscalizar pesca na piracema

Pesca está proibida até 28 de fevereiro por ser período de reprodução dos peixes; infrator pode pegar de 1 a 3 anos de detenção

Por Caio Possati

13 de janeiro de 2022, às 08h46 • Última atualização em 13 de janeiro de 2022, às 08h47

Para fazer a fiscalização de pesca ilegal nas represas São Luiz e Areia Branca por conta da piracema, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste está utilizando drones e cachorros para reforçar os trabalhos que as patrulhas embarcada e terrestre realizam nas localidades.

A fiscalização está sendo conduzida pela Guarda Municipal por meio do GPA (Grupo de Proteção Ambiental).

As ações são da Guarda Municipal – Foto: Prefeitura de Santa Bárbara / Divulgação

Até 28 de fevereiro ocorre a piracema, momento do ano em que os peixes se reproduzem e realizam a desova. Por ser um época crucial para a continuidade das espécies, a pesca durante este período é proibida justamente para não interromper o ciclo de reprodução dos peixes.

Pela a Lei Federal 9.605, de 1998, o infrator que for flagrado pescando em área de desova poderá responder a sanção penal (1 a 3 anos de detenção) e também  administrativa (multa).

De acordo com Rômulo Gobbi, secretário de Segurança, Trânsito e Defesa Civil da cidade, a pesca ilegal é uma infração ambiental que pode lesar o meio ambiente de Santa Bárbara. A interrupção do processo de reprodução dos peixes pode provocar desequilíbrio da fauna dos mananciais e degradar a mata ciliar da região.

“Vamos proteger as nossas represas, sua fauna aquática e a sua flora. Esta é uma das missões da Guarda Civil”, disse o secretário que, ao LIBERAL, reforçou:  “A importância da fiscalização consiste em preservar a fauna dos mananciais”.

A prefeitura afirmou que os trabalhos vão continuar de forma intensificada até o dia 28 de fevereiro, quando se considera vários municípios o fim da piracema.

Publicidade