07 de maio de 2021 Atualizado 07:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Polícia

Morador de Santa Bárbara perde R$ 10 mil após golpe da falsa venda de moto

Caso foi registrado na delegacia de Santa Bárbara e um inquérito deve ser aberto para apurar o crime

Por Heitor Carvalho

20 abr 2021 às 19:17 • Última atualização 26 abr 2021 às 14:35

Um almoxarife de 30 anos, morador do Parque Residencial do Lago, em Santa Bárbara d’Oeste, foi vítima de uma falsa venda de motocicleta após encontrar um anúncio na internet. O caso ocorreu no dia 9 de abril e a vítima perdeu R$ 10 mil.

Segundo o registrado no boletim de ocorrência, a vítima viu um anúncio em uma rede social sobre um suposto “Feirão Honda”. Ao clicar na propaganda, a vítima foi redirecionada para uma conta comercial do WhatsApp.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Um homem, que se dizia vendedor da empresa, então começou passar os valores e as condições das motos ofertadas, o que incluía uma Honda CG Titan 160 pelo valor de R$ 10 mil à vista.

Segundo o estelionatário, as motos teriam sido compradas por funcionários da Honda de Sumaré, que agora estariam repassando esses veículos em nome da empresa e por um valor abaixo do mercado.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

“Eu me interessei na hora, pois se tratava de um valor um pouco mais abaixo da tabela (Fipe). Ele me passou que eu efetuando o pagamento na sexta, a empresa ia me entregar a moto no sábado de manhã”, contou.

Como a moto não chegou e o suposto “vendedor” parou de responder as suas mensagens, a vítima começou a se dar conta de que tinha caído em um golpe.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

“Infelizmente eu acabei me empolgando com o sonho de ter uma moto nova. Hoje estou vivendo um pesadelo, já que dificilmente vou reaver meu dinheiro, pois os bancos não se responsabilizam por depósitos feito pelo cliente”, lamentou.

A vítima registrou o crime na delegacia de Santa Bárbara e um inquérito deve ser aberto pela Polícia Civil para investigar o estelionato.

Cerveja é quem manda no Papo Fermentado. Confira no blog

Em nota, a Honda reforçou que as fraudes acontecem fora do âmbito da empresa. “Para embasar a fraude, as vítimas são induzidas a acreditar que estão diante de uma operação comercial idônea, por meio de falsos papéis timbrados com a logomarca Honda e até mesmo a criação de páginas de Internet e centrais 0800 parecidas com as da empresa. Reforçamos que não sejam feitas transações e transferências de valores sem a devida comprovação da veracidade do anúncio”, trouxe a nota da empresa.

A Honda esclarece que toda a negociação, venda e entrega de produtos 0km da marca é realizada exclusivamente pela rede de concessionárias autorizadas e orienta os consumidores a confirmarem a veracidade das informações por meio dos contatos disponibilizados no site: https://www.honda.com.br/concessionarias.

“Havendo qualquer dúvida ou suspeita de irregularidade, os clientes são orientados a entrar em contato com a central de atendimento a clientes, nos telefones: 08000171213 (automóveis) e 0800 055 22 21 (motocicletas)”, finalizou o comunicado.

Publicidade