28 de setembro de 2021 Atualizado 21:52

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Baep prende homem apontado como ‘gerente’ do tráfico em Santa Bárbara

Um dos detidos afirmou ser gerente das biqueiras do "Queijão", homem que foi preso na semana passada pela Dise

Por Paula Nacasaki

24 jun 2021 às 11:09 • Última atualização 24 jun 2021 às 11:47

Dois homens foram presos nesta quarta-feira (23), em Santa Bárbara d’Oeste, com drogas e R$ 4,7 mil. Um deles confessou o crime e afirmou ser o gerente das biqueiras do “Queijão” – homem que foi preso na semana passada pela Dise (Delegacia de Investigações Gerais sobre Entorpecentes) e acusado de ser integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Segundo informações do 10° Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), os militares faziam patrulhamento pelo Jardim Europa pois tinham informações de que dois homens, responsáveis pela distribuição de drogas em Americana e Santa Bárbara, estariam nas ruas do bairro com um Fiat Palio Weekend.

Dupla foi presa com drogas e R$ 4.754 em espécie – Foto: Baep / Divulgação

No cruzamento das ruas Almirante Barroso e Ana Nery os policiais viram o veículo suspeito e abordaram os dois ocupantes, um de 23 e o outro de 27 anos.

Nada de ilícito foi encontrado com eles, porém embaixo do banco do passageiro foram localizadas 400 porções de maconha, uma pochete com R$ 870 e mais R$ 184 escondidos no assoalho.

Durante pesquisa no sistema, os policiais descobriram que o carro tinha sido furtado em setembro do ano passado em Nova Odessa e tratava-se de um dublê, ou seja, uma cópia do original.

Indagado sobre os fatos, um dos homens informou que não sabia da origem do veículo quando o comprou. Sobre as drogas, ele confessou a autoria e afirmou que é o gerente das biqueiras do “Queijão”.

Uma busca também foi realizada na casa do suspeito e lá foram encontrados mais R$ 3.700 em espécie, duas balanças de precisão e embalagens.

A dupla foi levada até o plantão policial e recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas.

Publicidade