28 de setembro de 2020 Atualizado 22:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

QUEIMADA

Canavial pega fogo no limite de Santa Bárbara com Nova Odessa

Incêndio iniciado por volta das 13h30 foi controlado por funcionários do Grupo Raízen e pelo Corpo de Bombeiros de Americana

Por Rodrigo Alonso

11 ago 2020 às 17:28 • Última atualização 11 ago 2020 às 17:39

Terreno fica entre as rodovias dos Bandeirantes e Luiz de Queiroz – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Um canavial do Grupo Raízen pegou fogo na tarde desta terça-feira (11), em Santa Bárbara d’Oeste, no limite com Nova Odessa, entre as rodovias dos Bandeirantes (SP-348) e Luiz de Queiroz (SP-304).

Funcionários da empresa e o Corpo de Bombeiros de Americana atuaram na contenção do incêndio, que começou por volta das 13h30 e, agora, já está controlado. A fumaça podia ser vista a quilômetros de distância.

O local atingido, além de canavial, também abriga uma área de palha, segundo a Raízen. A causa do incêndio e a extensão do terreno afetado ainda são desconhecidas. Ninguém se feriu e nenhum imóvel foi alcançado pelas chamas.

Em nota, a empresa “ressalta que não pratica a queima de cana, ato extremamente prejudicial ao próprio canavial, pois elimina a matéria orgânica existente no solo comprometendo a qualidade da plantação, além de eliminar a palha da cana – subproduto muito utilizado na geração de energia”.

A Raízen também “reforça que segue estritamente as diretrizes do Protocolo Agroambiental – Etanol Mais Verde, o qual determina a eliminação do uso do fogo na colheita de cana no Estado de São Paulo”. O grupo informou ter enviado dois caminhões de combate ao incêndio para o local.

Fumaça podia ser vista a quilômetros de distância – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Queimadas têm sido recorrentes na RPT (Região do Polo Têxtil), inclusive em terrenos que pertencem à Raízen. Entre maio e junho, em duas oportunidades, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste cobrou providências da empresa. O grupo apontou, na ocasião, que vem intensificando suas ações de prevenção.

Podcast Além da Capa
Depois de três semanas novamente na fase vermelha, Americana e região completaram um ciclo de duas semanas na fase laranja e, na última sexta-feira, avançaram à fase amarela do Plano São Paulo pela primeira vez. Esse episódio dá o tom do contexto local diante da etapa mais flexível vivida até agora desde o início da quarentena provocada pela pandemia do novo coronarívus (Covid-19).

Publicidade