12 de julho de 2024 Atualizado 10:00

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Incêndio

Após incêndio em canavial em Santa Bárbara, Raízen divulga esclarecimento

Empresa afirma que funcionário flagrado colocando fogo em canavial utilizava uma técnica para acabar com o incêndio

Por Leonardo Oliveira

22 de junho de 2020, às 10h32 • Última atualização em 22 de junho de 2020, às 19h27

A Raízen se pronunciou nesta segunda-feira (22) sobre a queimada de grandes proporções que atingiu uma área de canavial da empresa em Santa Bárbara d’Oeste, no último sábado.

Por meio de nota, a empresa negou que o fogo tivesse sido colocado de forma criminosa para a queima da cana-de-açúcar.

Um vídeo circulou nas redes sociais mostrando um funcionário da Raízen ateando fogo na área e levantou discussões sobre a autoria do incêndio.

Incêndio atingiu uma área de canavial da Raízen – Foto: Fernando Giordano_@pregodrone / Divulgação

Ao LIBERAL, a empresa explicou que as chamas já tomavam conta da área e o que o funcionário estava aplicando uma técnica de combate ao incêndio que se chama “Fogo Contra Fogo”.

Nela, um agente coloca fogo de maneira controlada na direção do incêndio já existente para que os dois focos se encontrem e as chamas cessem. Foi isso que foi feito no último sábado, segundo a Raízen.

CONFIRA NA ÍNTEGRA A NOTA ENVIADA PELA RAÍZEN:

“A Raízen informa que monitora diariamente seus canaviais para prevenir e combater eventuais incêndios de origem desconhecida ou acidental, como é o caso daqueles provenientes de fogueiras e outras fontes – como cigarros, por exemplo – em áreas de grande circulação, principalmente próximas a cidades e rodovias.

A Raízen, preventivamente e em função do período de seca e falta de chuvas no município de Santa Barbara D’Oeste, intensificou os cuidados e aumentou a fiscalização em toda região, disponibilizando brigadas específicas com carros leves para alcançarem rapidamente os focos de incêndio, além da aquisição de novos abafadores e caminhões pipas dedicados exclusivamente a atender esta área, assim como vem realizando todos os sábados campanha de conscientização da população do município.

A empresa informa ainda que, quando necessário, utiliza das melhores técnicas para combater incêndios em seus canaviais e que possui brigadistas empenhados exclusivamente para agir nas mais diversas ocorrências em suas operações.

A empresa esclarece que é parte integrante do PAME (Plano de Auxílio Mútuo Externo), sistema de cooperativismo entre empresas nas ações de grandes emergências.

Por último, a Raízen ressalta que não pratica a queima de cana e reforça que segue estritamente as diretrizes do Protocolo Agroambiental – Etanol Mais Verde, o qual determina a eliminação do uso do fogo na colheita de cana no Estado de São Paulo”.

Podcast Além da Capa

O mais festejado dos cinco títulos mundiais da seleção brasileira? A resposta é subjetiva, depende da percepção de cada um. Independentemente disso, a conquista da Copa do Mundo de 1970, no México, completa 50 anos sem ter ameaçado seu lugar no Olimpo do futebol. O ambiente de Americana naqueles dias de junho pauta essa edição do Além da Capa. O editor Bruno Moreira conversa com o repórter Rodrigo Alonso, além de contar com a contribuição de convidados.

Publicidade