02 de março de 2021 Atualizado 22:34

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Alunos da rede municipal terão que trocar de máscara a cada três horas em Santa Bárbara

No primeiro momento, os pais poderão escolher se querem enviar seus filhos para a sala de aula

Por Leonardo Oliveira

17 fev 2021 às 18:33

Os estudantes da rede municipal de ensino de Santa Bárbara d’Oeste, com mais de quatro anos de idade, terão que trocar de máscaras a cada três horas no retorno presencial às aulas, marcado para o próximo dia 25. A prefeitura divulgou  nesta quarta-feira (17) os protocolos para a volta.

Mesas e cadeiras foram demarcadas pela Secretaria de Educação – Foto: Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste/Divulgação

No primeiro momento, os pais poderão escolher se querem enviar seus filhos para a sala de aula. Foi definido o retorno facultativo para os alunos dos últimos anos de cada segmento: Maternal III, Jardim II, 5° ano do Ensino Fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Haverá o revezamento entre as turmas para evitar a ocupação máxima de cada sala de aula e respeitar o distanciamento de 1,5 metro. Os responsáveis deverão entregar uma máscara a mais pelos filhos para que eles troquem após três horas de aula.

Logo na entrada, o aluno será recebido por uma equipe de apoio e terá a temperatura aferida com um termômetro digital. Se tiver febre, não poderá entrar na unidade, sendo encaminhado para casa. Só com um atestado médico poderá frequentar às aulas.

Caso não haja problemas com a temperatura, a criança higienizará as mãos e os pés com álcool em gel em um totem disponível no local. O profissional da escola também deverá usar máscara. Após chegar na unidade, o estudante será encaminhado a sala de aula, respeitando o distanciamento social.

“Todos os profissionais estão recebendo capacitação e a escola está sendo organizada e sinalizada para manter o distanciamento seguro. Nas salas de aula também haverá álcool gel e, os professores, de acordo com a necessidade de proximidade, utilizarão o face shield, um equipamento no rosto que oferece proteção extra, além da máscara”, informou à administração.

Durante o período que estiverem presencialmente na escola, lanches e refeições da alimentação escolar serão servidos também respeitando todos os protocolos de segurança.

No mês de fevereiro os atendimentos individuais seguem mediante agendamento e de acordo com avaliação da necessidade, bem como as atividades remotas via nova plataforma G-Suite (Google for Education).

Publicidade