06 de junho de 2020 Atualizado 18:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Sistema Anhanguera-Bandeirantes tem queda de 55% no tráfego

Em entrevista ao Liberal No Ar, o gestor de atendimento da CCR AutoBAn comentou medidas para auxiliar caminhoneiros e outros profissionais

Por Isabella Holouka

30 mar 2020 às 13:41 • Última atualização 30 mar 2020 às 13:48

O sistema Anhanguera-Bandeirantes teve uma queda de 55% no tráfego na última semana, entre os dias 20 a 26 de março, em comparação com o mesmo período do ano passado. Entre os dias 13 e 19 a circulação de veículos de passeio já havia caído 13%, com a adoção das primeiras estratégias de restrição de circulação como medida para o enfrentamento ao avanço do novo coronavírus (Covid-19).

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

Para Fabiano Adame, gestor de atendimento da concessionária CCR AutoBAn, os “resultados querem dizer que as pessoas estão seguindo as orientações que estão sendo passadas” no que diz respeito ao isolamento social.

Em entrevista ao Liberal No Ar desta segunda-feira (30), ele comentou as principais medidas da concessionária para oferecer assistência aos caminhoneiros e demais profissionais do sistema Anhanguera-Bandeirantes. O programa é transmitido pelas rádios FM Gold (94,7 FM) e VOCÊ (AM 580).

{{1}}

Dentre as ações estão a distribuição de kits de alimentação e higiene, além de voucher para banho. “Percebemos uma dificuldade, em função de os estabelecimentos estarem com uma restrição, de o caminhoneiro poder adquirir a alimentação dele. E as demandas das viagens aumentaram, então ele está circulando mais, com menos tempo para poder parar”, relata Fabiano.

Também houve ampliação da rede de atendimento intitulada Estrada para a Saúde, criada para acompanhamento contínuo e gratuito das condições de saúde dos caminhoneiros. Os profissionais vem sendo orientados com relação à higiene pessoal e da boleia do caminhão.

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

O gestor de atendimento ressaltou ainda a continuidade dos serviços da concessionária, nas praças de pedágios, bem como em serviços de guincho, inspeções e resgates. Para resguardar a saúde dos profissionais, eles são instruídos sobre a limpeza e assepsia das mãos, necessária para a proteção.

A distribuição de kits aos caminhoneiros ocorrerá em postos de serviços, postos gerais de fiscalização, bases de sistema de atendimento ao usuário e unidades do programa Estrada para a Saúde. Confira:

Rodovia dos Bandeirantes
Posto Geral de Fiscalização no km 40
Estrada para a Saúde no Km 56

Rodovia Anhanguera
Posto Geral de Fiscalização no km 37