03 de março de 2021 Atualizado 23:13

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ECONOMIA

Papirus vai investir R$ 30 milhões em fábrica de Limeira

Empresa localizada no limite com Americana prevê investimento para ampliar produção para atender mercado aquecido

Por João Colosalle

22 fev 2021 às 15:03

A Papirus, uma das principais fabricantes de papel cartão do Brasil, anunciou que irá investir R$ 30 milhões para ampliar a produção da fábrica em Limeira.

A empresa diz que o investimento considera uma projeção para os próximos dois anos e um “salto de produção” a partir de 2023. Até 2022, a fábrica espera crescer do patamar atual de 110 mil toneladas por ano de papel para 123 mil.

Mesmo com aumento da capacidade de produção, a Papirus diz que o movimento ainda não será suficiente para atender à demanda crescente de embalagens de papel a médio e longo prazos, impulsionada, em parte, pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“A empresa já trabalha em um novo projeto, que pode englobar a construção de mais uma máquina de cartão e terá foco em uso de fibra reciclada e economia circular”, diz a Papirus.

A empresa diz que registrou em 2020 um crescimento total de 9% nas vendas, ancorado na demanda de segmentos como o de embalagens para delivery e fast food, que cresceram na pandemia.

O resultado ajudou a compensar a queda em outros mercados e fez com que a Papirus investisse em novos produtos, adequados para serviços de entrega de alimentos, com características como resistência à gordura.

A Papirus afirma também ter tido alta nas exportações, devido à abertura de novos mercados antes mesmo da valorização do dólar. “Do total comercializado em 2020, 18% destinaram-se ao mercado externo, sendo que em alguns meses, como maio e junho, essa participação superou os 30%, em comparação aos 8% registrados em 2019”, diz a empresa.

Produção na fábrica da Papirus, em Limeira – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Outros fatores também são apontados pela indústria como importantes para o crescimento e para as projeções que sustentam o investimento, como o reposicionamento da marca e o engajamento dos colaboradores.

“Esta é uma decisão estratégica que não depende da conjuntura, e que está alinhada à posição sólida que a companhia alcançou a partir do planejamento estratégico realizado em 2018, o que incluiu a ampliação da produção e o lançamento de produtos inovadores para atender às novas tendências de consumo”, conta Amando Varella, diretor Comercial e Marketing da Papirus e co-CEO da companhia, sobre os investimentos na empresa.

Sobre a Papirus

Localizada em Limeira, no limite com Americana, a Papirus é hoje uma das maiores fabricantes de papel cartão do mercado brasileiro, produzindo 110 mil toneladas por ano para atender o mercado de embalagens, em especial, de alimentos, medicamentos e cosméticos.

Com planta em Limeira e escritório administrativo em São Paulo, ela diz atender mais de 200 clientes no mercado interno, entre gráficas e convertedores, além de 21 países, e contar com 390 colaboradores.

Publicidade