Morre aos 100 anos o Padre Haroldo Rahm

Ele foi referência nacional no cuidado com dependentes químicos e fundou o Instituto Padre Haroldo, que já atendeu mais de 80 mil pessoas


Morreu em São Paulo, na tarde deste sábado (30), aos 100 anos, o padre norte-americano e naturalizado brasileiro Harold Joseph Rahm, conhecido no Brasil como padre Haroldo, vítima de uma parada cardiorrespiratória.

Ele foi referência nacional no cuidado com dependentes químicos e também fundou o instituto que recebeu o seu nome em Campinas, que já atendeu mais de 80 mil pessoas em 40 anos.

Foto: Divulgação
Harold Joseph Rahm, conhecido no Brasil como padre Haroldo, tinha 100 anos

O padre não estava internado e vivia nas instalações da a Casa dos Jesuítas, na capital paulista.

A informação da morte foi confirmada pela assessoria de imprensa e uma nota de pesar foi publicada na página do instituto. “Está nos braços do Pai a quem amou e serviu por toda sua vida. Ele partiu sem dor e em paz “, traz a nota.

O velório será realizado neste domingo (1º), na sede da Prefeitura de Campinas, das 8h às 15h. O sepultamento será realizado no Mosteiro de Itaici, em Indaiatuba, às 17h, com uma missa de corpo presente às 16h.

Em Campinas, foi decretado luto oficial de três dias.

Padre Haroldo nasceu no estado norte-americano do Texas e naturalizou-se brasileiro em 1986. Ele foi ordenado jesuíta no dia 14 de junho de 1950 e tinha como lema de vida “É preciso viver a vida com alegria!”

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora