17 de junho de 2024 Atualizado 10:02

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

TECNOLOGIA

Famílias de Americana e região têm direito a troca gratuita de antenas parabólicas; entenda

Governo paulista tem se mobilizado para acelerar a troca das antenas; na região, 2,2 mil delas devem ser desinstaladas; veja quem tem direito

Por Cristiani Azanha

13 de novembro de 2023, às 07h19 • Última atualização em 13 de novembro de 2023, às 11h54

Antenas parabólicas ainda são comumente utilizadas - Foto: Divulgação

O Governo de São Paulo iniciou uma mobilização para acelerar a troca das antenas parabólicas tradicionais pelas digitais. A tecnologia ainda é comum em cidades do interior, especialmente em áreas rurais, porém a frequência utilizada por esses equipamentos pode sofrer interferência do sinal de internet 5G. A previsão é que o sinal das parabólicas comuns seja desativado em dezembro de 2024.

Na RPT (Região do Polo Têxtil), 2.235 aparelhos deverão ser trocados. Somente em Americana, 498 já foram instalados e mais 516 foram agendados para a reposição. Em Santa Bárbara d’Oeste, 226 serão repostos e 235 agendados. Seguida de Sumaré com 150 e 176, respectivamente, além de Nova Odessa, com 28 trocas e 30 agendados

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

De acordo com o governo estadual, a conscientização dos gestores integra o programa TecnoCidades, da InvestSP, agência de promoção de investimentos vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, que tem realizado uma série de ações para acelerar a chegada do 5G. A tecnologia oferece uma navegação até 100 vezes mais rápida e já está disponível em mais de 100 cidades paulistas.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

A InvestSP vai incentivar e apoiar prefeituras na realização de campanhas em espaços públicos para informar o cidadão sobre a necessidade da troca das antenas parabólicas tradicionais, que pode ser feita gratuitamente nas 320 cidades paulistas onde a ativação do 5G já foi liberada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Antenas digitais são alternativa para quem possui parabólica – Foto: Divulgação

Quem tem direito?

Para ter acesso à antena digital sem custos, a pessoa ou família precisa: ser beneficiária de algum programa social do governo federal e registrada no Cadastro Único; e possuir uma parabólica convencional com sinal ativo.

Os novos equipamentos são oferecidos pela Siga Antenado, organização sem fins lucrativos criada – por determinação da Anatel – pelas operadoras que ganharam a concessão do 5G, para acelerar o processo de troca das parabólicas.

A lista com as cidades onde já é possível fazer a troca, as regras para ter acesso ao equipamento e o passo a passo para fazer o pedido podem ser consultados no site do Siga Antenado.

.

Publicidade